quinta-feira, 12 de março de 2009

Torcedor de Carteirinha e Carteirinha de Torcedor

Olha o Febeapá aí,geeeeennte
( 13 de setembro,2009)
* E no Maranhão, o prefeito de São Luis, Sr. Epitácio Cafeteira, da família dos bules, começa a provar que é um alcaide de excelentes planos administrativos. Logo depois de assumir o cargo, uma de suas primeiras providências foi anunciada: Cafeteira proibiu o uso de máscaras em festas carnavalescas" 

 *O cidadão Aírton Gomes de Araújo, natural de Brejo Santo, no da Ceará, foi preso pelo 23.º Batalhão de Caçadores, acusado de ter ofendido "um símbolo nacional", só porque disse que o pescoço do Marechal Castelo Branco parecia pescoço de tartaruga e logo depois desagravava o dito símbolo, quando declarava que não era o pescoço de S. Exa. que parecia com o da tartaruga: o da tartaruga é que parecia com o de S. Exa.
"
Sergio Porto/Stanislaw Ponte Preta
em
“Festival de Besteiras que Assola o País” (Editora do Autor, 1996)

 ***************
O Ministro do Esporte,Orlando Silva, deseja iniciar a identificação dos torcedores (CPF,RG,ETC)nos estádios brasileiros já em junho próximo,quando acontecerão os jogos das series A e B do Campeonato Brasileiro,
Será produzido um cartão magnético de uso obrigatório em estádios,com capacidade mínima para dez mil pessoas.
A idéia faz parte de um pacotão de reforço de segurança (criminilização de manipulaçãode resultados dos jogos,venda de ingressos por cambistas e envolvimento em tumulto em estádios),lançado agora pela manhã pelo Presidente Lula,em solenidade do Palácio do Planalto.
O governo deseja que batalhões especializados em lidar com torcidas sejam ativados, como acontece aqui no Rio.(foto da gloriosa e tranquila torcida do Fluzão)
O Ministro, que foi presidente da UNE-União Nacional dos Estudantes -explica que a carteirinha de torcedor não tem nada a ver com a de estudante-emitida pela UNE e que permite pagamento de meia entrada em cinemas,teatros,eventos esportivos etc
Essas medidas fazem parte da preparação para a Copa do Mundo de 2014. A idéia é linda e nunca antes pensada neste país.
Mas, como explica o procurador geral da OAB-RJ,”fere o direito de ir e vir ,afronta o direito `a intimidade e fere a liberdade do cidadão que paga impostos “
Rodrigo Terra, responsável pelo cumprimento do código de defesa do consumidor defende a legalidade da ação,mas lamenta que o projeto não preveja a coibição da ação dos cambistas.
Não basta você amar seu time,agora precisa prestar contas desse amor sendo,literalmente,um torcedor de carteirinha.
E os ditos cambistas?Vão tirar carteira ? E os cartolas?E se um estrangeiro em visita desejar ver o Fenômeno?
Saudades de Stanislaw Ponte Preta.que reuniu em dois livros os fatos surreais ocorridos nos primeiros tempos relativamente "suaves' da ditadura militar :"FEBEAPÁ Festival de Besteiras que assola o país I e II"
.Sérgio morreu em 1968,ano do AI-5 e,com certeza, seria perseguido e não mais teria espaço para suas críticas. ********** Verbete da Wikipedia sobre Stanislaw Ponte Preta/Sergio Porto
“Sérgio Marcus Rangel Porto (Rio de Janeiro, 11 de janeiro de 1923 — Rio de Janeiro, 30 de setembro de 1968) foi um cronista, escritor, radialista e compositor brasileiro. Era mais conhecido por seu pseudônimo Stanislaw Ponte Preta.
Começou sua carreira jornalística no final dos anos 40, atuando em publicações como as revistas Sombra e Manchete e os jornais Última Hora, Tribuna da Imprensa e Diário Carioca. Nesse mesmo período Tomás Santa Rosa também atuava em vários jornais e boletins como ilustrador.
Foi aí que surgiu o personagem Stanislaw Ponte Preta e suas crônicas satíricas e críticas, uma criação de Sérgio juntamente com Santa Rosa - o primeiro ilustrador do personagem -, inspirado no personagem Serafim Ponte Grande de Oswald de Andrade. Porto também contribuiu com publicações sobre música e escreveu shows musicais para boates, além de compor a música "Samba do Crioulo Doido" para o teatro rebolado. Conhecedor de Música Popular Brasileira e jazz, ele definia a verdadeira MPB pela sigla MPBB - Música Popular Bem Brasileira. Era boêmio, de um admirável senso de humor e sua aparência de homem sisudo escondia um intelectual peculiar capaz de fazer piadas corrosivas contra a ditadura militar e o moralismo social vigente, que fazem parte do FEBEAPÁ - Festival de Besteiras que Assola o País, uma de suas maiores criações”.

Nenhum comentário: