quarta-feira, 24 de maio de 2017

Trilogia Detetives da Ficção 1- Miss Marple



Foi divulgada ontem a  morte de Roger Moore, o eterno 007 - James Bond. Embora espião, o personagemnão deixa de ser detetive. 
E embora tenha substitutos no papel de detetive charmoso através de meio século, James Bond  nos lembra tantos outros, dezenas deles, nascidos na literatura e popularizados pelas séries de tv e pelo cinema.

Neste  espaço virtual ,cabem três. 
 Ladies first.

*********************


MISS MARPLE
personagem de ficção presente em doze romances e em vinte contos policiais de Agatha Christie. 

Da Wikipedia:


Miss Marple não se parece em nada com um detetive, mas para uma solteirona que nunca saiu de  St Mary Mead ela é surpreendentemente astuta.

 Jane Marple, resolve seus crimes de uma forma muito diferente de outros detetives, ela não faz interrogatórios, não procura pistas, só usa o seu conhecimento da natureza humana.

 Para criar Miss Marple, Agatha Christie se baseou tanto na vida real, como em suas próprias obra, pelo seu grande interesse por velhas solteiras, que mesmo vivendo em pequenas aldeias, possuíam um conhecimento extraordinário acerca do comportamento humano. 

 
Miss Marple fez sua primeira aparição em The Tuesday Night Club, um conto publicado na revista The Sketch, em 1926, já sua primeira aparição em um romance se deu em Assassinato na Casa do Pastor.
Na literatura ,Jane Marple protagonizou 12 romances e 20 contos, que iam desde a pitorescaInglaterra  rural de "Um corpo na Biblioteca"   até o glamour de  "O Caso do Hotel Bertran" e uma ilha em  "Mistério no Caribe"

Muitas atrizes interpretaram Miss Marple na TV e cinema: 

Gracie Fields foi a primeira, na versão  Margareth Rutheford interpretou Miss Marple em quatro filmes da MGM vagamente baseados na obra de Agatha, e também em The Murder Alphabet

Helen Hays, vencedora de dois Oscars,Joan Hickson   foi Miss Marple nas adaptações da BBC nos anos 90..

Finalmente,Geraldine McEwan     interpretou a detetive nas adaptações da ITV em 2004, sendo substituída,em 2009, por Julia McKenzie.

****
A vida de  Lady Agatha Christie, Dama do Império Britânico,supera qualquer enredo:

Também da Wikipédia, este pequeno resumo:

Agatha Mary Clarissa Christie  (nascida Agatha Mary Clarissa Miller;(1890-1976)  popularmente conhecida como Agatha Christie, foi uma escritora britânica que  que atuou como romancista,contista,dramaturga e poetisa. 

Com  destaque no subgênero  romance policial  ficou conhecida como  "Rainha/Dama do Crime" ("Queen/Lady of Crime")  
Durante sua carreira, publicou mais de oitenta livros, alguns sobre o pseudônimo de Mary Westmacott.
 
Segundo o Guiness Book, Christie é a romancista mais bem sucedida da história da literatura popular mundial em número total de livros vendidos, uma vez que suas obras, juntas, venderam cerca de quatro bilhões de cópias ao longo do séculos 20 e 21 , números totais que  só ficam atrás das obras vendidas deWilliam Shakespeare e da Bíblia. 

 Segundo a organização Index Translationum, as obras de Agatha Christie já foram traduzidas, em levantamento recente, para mais de 100 idiomas em todo o mundo. 
Seu livro mais vendido, Ten  Little Niggers  (publicado no Brasil  como "E Não Sobrou Nenhum", ou "O Caso dos Dez Negrinhos"  1939, é também, com cerca de 100 milhões de cópias comercializadas em todo o globo, a obra de romance policial mais vendida da história, além de figurar na lista dos livros mais vendidos de todos os tempos, independentemente de seu gênero.
 
Em 1971, foi condecorada pela rainha do Reino Unido, Elizabeth II, com o título de "Dame" (Dama) do Império Britânico, uma honra que consiste no equivalente feminino ao sir

No total, escreveu setenta e dois romances, sendo sessenta e seis deles do gênero romance policial e inúmeros contos, reunidos em quatorze coletâneas. 

É constantemente referida por seus emblemáticos personagens, incluindo o detetive belga Hercule Poirot e a idosa detetive amadora Jane Marple, ou Miss Marple.

**********************



 

Nenhum comentário: