quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Charles Perrault - Era Uma Vez O Pai da Literatura Infantil

                                                    1628-1703 


**********************************************************************

        Os seguidores de Charles Perrault

 

Hans Christian Andersem ,dinamarquês,1805-1875 
Os irmãos Grimm: Jacob (direita) e Wilhelm Grimm (esquerda) em uma pintura feita em 1855 por Elisabeth Jerichau-Baumann.
 
****************************************************************************

Vivemos um tempo   em que as pessoas parecem anestesiadas,fora do mundo  e vidradas nas redes sociais em qualquer ocasião : usando celulares em elevadores,veículos, em casa e nas ruas , até mesmo morrendo na tentativa de fazer um "selfie" original.
Em boa hora,quem fez pesquisas no Google ontem se surpreendeu com o doodle criado pela designer  Sophie Diao  para marcar os 388 anos do nascimento do criador dos contos de fada  Cinderela, Bela Adormecida e Gato de Botas .

****************




Charles Perrault nasceu  em Paris,em 12 de janeiro de 1628,irmão gêmeo de François (morto aos seis meses de idade),  filhos caçulas dos sete  que tiveram Pierre Parrault,advogado que era membro do Parlamento francês e de Paquette Le Clerc.
Estudou no Colégio de Beauvais e se licenciou em Direito,seguindo a carreira literária ao mesmo tempo em que se envolveu na política e,com a influência do  irmão mais velho, funcionário qualificado das finanças do país,foi nomeado funcionário   público.Participou da criação da Academia de Ciências e da restauração da Academia de Pintura.
 

Dedicou  ao estudo, a imaginação- a princípio- não foi muito exigida. Como burocrata,escrevia  odes, palestras, diálogos, poemas e peças louvando o rei e os príncipes.
 

Foi secretário da Academia Francesa desde 1663, tornando-se o protegido de ministro das finanças francês Jean-Baptiste Colbert que ocupou. 
 este importante cargo, durante 22 anos no governo do rei absolutista Luis XIV .

Em 1665,nomeado funcionário particular do rei, começa a receber grandes vantagens. 
Torna-se comissário da Receita Geral, dirigoda por se irmão Pierre e, mais tarde,superintendente  das obras reais.   
Em 1671 acontece o casamento com Marie Guichon e a eleição para a Academia Francesa. eleito chanceler da Entre 1673 e 1678,nascem seus três filhos. A esposa  morreu após o nascimento do último. 

Em 1680, foi obrigado a ceder  sua posição privilegiada ao filho de Colbert.  

En 1683, morre   Colbert e seu substituto Louvois  retira de Perrault todas as mordomias. 
O funcionário privilegiado (por nepotismo, diríamos hoje) dá lugar ao  erudito,ao poeta.  

  Agora ilustre autor, escreveu um total de 46 obras, oito delas publicados postumamente, incluindo  livro de memórias. 

Com exceção das histórias infantis, todo o seu trabalho consistiu em louvar ao rei da França.


*******
 



Aos 55 anos,escreveu a maioria de suas famosas histórias de fadas,contos de fundo educativo recolhidos da tradição oral, que se tornaram leitura favorita das crianças.
  
Registrando fielmente os costumes e hábitos de sua época, os contos de Parrault marcam o início de um novo estilo onde a gente encontra  personagens  como fadas, ogros, animais falantes, bruxas e príncipes encantados e sempre um final feliz acompanhado  de ensinamento moral.


Charles Perrault, hoje aclamado como um dos grandes autores do século 17,é considerado o pai da literatura infantil.
Rue de L'Estrapade hoje

São de sua autoria as palavras até hoje usadas quando se começa a contar uma história: "Era uma vez" 

Morreu em no dia 16 de maio de 1703 em sua casa da Rue de L'Estrapade,em Paris.
 **********************************
Aqui apenas alguns de seus contos infantis:


Chapeuzinho Vermelho
A Bela Adormecida
O Pequeno Polegar
Cinderela
Barba Azul
O Gato de Botas
As fadas
Riquet Topetudo
Pele de Asno
Desejos Ridículos 

Grisélidis 

Contos da Mamãe Gansa
 


***********************************************
 
  



Nenhum comentário: