sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Música de Câmara na ABL edição de dezembro 2015

Aí vem a edição de encerramento da temporada 2015 do Projeto "Música de Câmara " no Teatro R.Magalhães Jr. da Academia Brasileira de Letras.




Na quinta-feira 3 de dezembro de 2012, ao meio dia e trinta, a Orquestra Barroca da UNIRIO apresenta Amores Impossíveis com regência de Laura Rónai.

A produção e a programação artística de "Música de Câmara na ABL" levam a assinatura da jornalista e produtora cultural Nenem Krieger.

*****

Orquestra Barroca da UNIRIO

 


                                               Orquestra Barroca da UNIRIO

A Orquestra Barroca da UNIRIO se dedica à interpretação do repertório dos séculos XVII e XVIII com instrumentos históricos. O grupo surgiu em 2002 a partir do trabalho da Camerata Quantz, grupo coordenado pela flautista Laura Rónai, que se propunha a ser, mais que um conjunto de câmara, uma oficina permanente de interpretação histórica que reunisse professores, alunos e músicos interessados nesse repertório.


(divulgação)

*************************
LAURA RÓNAI

Flautista, formou-se em Licenciatura em Música   pela UNIRIO e em Flauta pela State University of New York  Obteve título de mestrado na City University of New York e de doutorado em Práticas Interpretativas na UNIRIO. 

Ministrou cursos no Real Conservatório Superior de Madrid e, nos EUA, nas universidades de Rutgers e Princeton. Visitou a Inglaterra, a convite do British Council, e tocou recitais nos EUA e na Europa. Tocou em duo com a pianista Ruth Serrão e com a cravista Sula Kossatz, com quem integra os grupos de câmara Sine Nomine e Re-Toques. 

Escreve para as revistas norte-americanas Early Music America, Flute Talk e Fanfare, além de publicar artigos regularmente nas principais revistas de música do Brasil. 
Na UNIRIO é responsável pela cadeira de flauta transversal, além de ser professora do Programa de Pós Graduação em Música.  
De 2006 a 2010 foi chefe do Departamento de Canto e Instrumentos de Sopro da mesma instituição.



( da Wikipedia)
****************************************************

Nenhum comentário: