quinta-feira, 21 de julho de 2011

FEK apresenta João Carlos Assis Brasil na Série "Concertos de Eva"



Fundação Eva Klabin apresenta
Edição Dupla dos "Concertos de Eva"
Hoje e amanhã,21 e 22 de julho de 2011
Com visita guiada às 19 horas,coquetel às 20 horas e concerto às 20.10
Programação e Produção: Nenem Krieger
Organização :Marcio Doctors
******************************************************************

Programa "With a song in my heart"
Suíte cinematográfica, com grandes temas musicais dos filmes de Hollywood

RODGERS e HART

IRVING BERLIN

JEROME KERN

COLE PORTER

e

GERSHWIN

Os arranjos de todas as músicas são do pianista.
******************************************************************************
SERVIÇO

Série "Concertos de Eva"

"With a song in my heart",com o pianista João Carlos Assis Brasil


Suíte cinematográfica, com grandes temas musicais dos filmes de Hollywood

Fundação Eva Klabin
21 e 22 de julhode 2001,às 20 horas (coquetel) e 20.30 (concerto)

Entrada: R$ 40,00
Meia entrada R$ 20,00 para estudantes,maiores de 60 e classe musical
Clube do assinante de O GLOBO:20% de desconto

Av. Epitácio Pessoa, 2480
Lagoa -Rio de Janeiro
Tel (21) 3202-8550

cultura@evaklabin.org.br

www.evaklabin.org.br
Visitação: terça a sexta-feira, com visitas guiadas às 14:30h e 16:00h

****************************


João Carlos Miranda de Assis Brasil
Esta pequena biografia está no site Clube do Jazz.

"Pianista de formação erudita, irmão gêmeo do saxofonista Victor Assis Brasil, João Carlos nasceu no Rio, no dia 28 de agosto de 1945. Começou a estudar piano ainda na infância, e aos 15 anos já era acompanhado por orquestras em concertos.

Foi aluno de Jacques Klein e aperfeiçoou os estudos em Londres, Paris e Viena. Na década de 60, na Áustria, ganhou o terceiro prêmio do Concurso Internacional Beethoven, tocando em seguida com a Filarmônica de Viena e excursionando pela Europa.

Mesmo consagrado como concertista clássico, envolveu-se com a música popular, tocando ao lado de outros instrumentistas como os pianistas Clara Sverner e Wagner Tiso ou o violonista Turíbio Santos e de cantores Ney Matogrosso, Zé Renato, Alaíde Costa, Olivia Byington.
Na década de 80 gravou discos a quatro mãos ao lado de Clara Sverner: um com músicas de Erik Satie e Scot Joplin (1982), outro incluindo o norte-americano Gershwin e os franceses Maurice Ravel e Gabriel Fauré. Em seguida veio "Jazz Brasil" (1986), com total ênfase no popular, incluindo obras de Tom Jobim, Radamés Gnattali e Victor Assis Brasil.
Dois anos depois, ao lado de Wagner Tiso, Jaques Morelenbaum e Ney Matogrosso, lançou "Floresta do Amazonas". Em 1990, quase dez anos depois da morte precoce do irmão (em 1981), gravou o disco "Self Portrait — Assis Brasil por Assis Brasil", em que trouxe à tona composições inéditas de Victor. Seus trabalhos seguintes foram em parceria com as cantoras Olivia Byington e Alaíde Costa".
***********************************************************

Nenhum comentário: