segunda-feira, 18 de outubro de 2010

65 anos da Liga Árabe


Com o objetivo de unir os laços culturais, econômicos, políticos e sociais de sete países árabes:Líbano, Egito, Iraque, Síria, Emirado da Transjordânia (atual Jordânia), Arábia Saudita, Iêmen (Yemen) e mais os representantes dos árabes palestinos foi criada,em 1945,no Cairo a Liga Árabe,(Liga de Estados Árabes)
Atualmente a Liga abrange vinte e dois países e uma população de 200 milhões de habitantes (Sudão, Líbia, Tunísia, Marrocos, Kuait, Argélia, Iêmen do Sul, Bahrein, Qatar, Omã, Emirados Árabes Unidos, Mauritânia, Somália, a OLP- Organização para a Libertação da Palestina e Djibuti),localizados nos continentes africano e asiático e agora unidos pelo Islã e,não mais, pela cultura árabe.
A comunidade internacional compara a Liga Árabe à Comunidade Britânica.
******************
Islamismo
Islã quer dizer entrega, abandono de si mesmo e dedicação total a Alá.
O Islã é a submissão à Alá e surgiu em 610 da era cristã que surgiu .no deserto arábico, fundado por Maomé,mas os muçulmanos não aceitam : para eles não foi Maomé, mas Alá quem fundou o Islã. Maomé significa ' elogiado, o enaltecido.
Jesus é encarado como um profeta anterior a Maomé. Verde é a cor do Islã.
Maomé a cita os muçulmanos acreditam que as almas dos mártires do Islã entrarão no Paraíso sob a forma de aves de cor verde.
Sua escritura sagrada é o Corão(que significa leitura) que contém as palavras de Alá comunicadas a Maomé pelo arcanjo Gabriel.São 11 suras (capítulos) com 6.226 versículos Os muçulmanos não aprovam a tradução do Corão para outros idiomas porque acreditam que ,assim sendo, perder-se-á o mistério que lhe confere a língua árabe. Não existe nenhum tipo de sacerdócio,sacramentos ou casta sacerdotal.
As mesquitas que são lugares não só de oração,mas de discussão política, para fazer um sesta ou, simplesmente, conversar Os muçulmanos utilizam o calendário muçulmano, que é lunar.
Os anos são contados a partir da Hégira (a viagem que Maomé faz de Meca à Medina) no ano 622 de nossa era. ****************************************************************************

Nenhum comentário: