sábado, 16 de julho de 2016

Pierre Bonnard,pintor francês (1867-1947) - Trilogia Pintores Francófonos 1


 Museu Bonnard em Cannet, Côte d'Azur




 Pierre Bonnard , pintor francês e um dos fundadores do  grupo"Nabis".A palavra Nabi deriva do hebraico Profeta.

"Les Nabis", ou simplesmente "Nabis", foram jovens artistas pós- impressionistas vanguardistas  da última década do século 19.
Este movimento buscava recuperar a  arte pura e sensações primitivas ,através de cores planas e linhas  simples estilizadas.
 ****
 Clique aqui para um conjunto de obras de Bonnard:
https://www.youtube.com/watch?v=o_H_AseJpss 

*** 


Bonnard nasceu em Fontenay-aux-Roses, Hauts-de-Seine,  em 3 de outubro de 1867, filho de oficial de alta patente no Ministério da Guerra francês. Por insistência da família,  estudou direito, graduando-se .Advogou apenas  em 1888.
Ao mesmo tempo,aluno   Ecole des Beaux-Arts e Académie Julian,  abandonou a profissão  para se tornar um artista. 
 

Em 1891, o encontro com  Toulouse-Lautrec o levou a mostrar seu trabalho  na exposição anual da Société des Artistes Indépendants.  

No mesmo ano,com Édouard  Vuillard, começa sua colaboração na  Revue Blanche, criando capas e também se tornou conhecido por seus cartazes e ilustrações de livros,  gravuras e desenhos

A primeira exposição foi na Galerie Durand-Ruel em 1896. 
****
 


Aos 20 anos, já fazia parte do grupo  Les Nabis, jovens artistas comprometidos com a criação de trabalho de natureza simbólica e espiritual.  
Em 1910, mudou-se  para o sul da França.Bonnard foi descrito por amigos e biógrafos como um homem de "temperamento calmo" e"discretamente independente"de  vida livre tensões e de poucas  circunstâncias desfavoráveis".  

 Casamento com a misteriosa Marthe


Marthe
 Aos  26 anos e já conhecido no meio artístico, encontrou nas ruas de Paris (1893)a mulher que seria seu modelo, sua  amante  e com quem se casaria.

 A jovem disse que tinha 16 anos e que seu nome era  Marthe de Meligny.,
Não se sabia de onde vinha e de onde era sua família. 
Trinta e dois anos depois do casamento,Bonnard ficou sabendo que à época do encontro Marthe estava com 24 anos e seu verdadeiro nome era  Maria Boursin. 
Ao encontrar por acaso uma irmã num café da cidade, ela informou que  vivia com um pintor,mas não o identificou.

Bonnard não desejava ser notado,vivia de modo simples e evitando atrair atenção.

A mudança para o interior da França parece ter sido para que ele e Marthe tivessem mais privacidade, e é  complicado saber  para qual dos dois a solidão escolhida era mais necessária.

 Bonnard fotógrafo 
  

Bonnard  foi grande aficcinado da fotografia etre 1890 e 1920.
Os familiares e amigos mais íntimos em suas propriedades eram os modelos. 

Dias finais
Jardins das casas e nus da mulher Marthe eram também cenas recorrentes,mantendo afinidade entre a prática da pintura e  as fotografias. Alguns quadros e ilustrações foram inspirados em suas fotos. 
Em 1926l, comprou uma villa   « Le Bosquet », em Cannet, onde permaneceu durante a 2a Guerra Mundial e passou os últimos tempos de vida em completa integração com a natureza.

Neste período introspectivo,pintou interiores de residências e cenas noturnas de ruas. 

A companheira de todas as horas, Marthe, morreu em 26  de janeiro de 1942.Bonnard nos deixou  em 23 de janeiro de 1947,em  Cannet, nos Alpes Marítimos, sul da França.
 

 ****************


O Museu Bonnard,nesta mesma cidade e inteiramente dedicado ao artista ,foi inaugurado em junho de 2011.              
  

Site do Museu (em francês)


https://www.museebonnard.fr/pierre-bonnard  

***********

Nenhum comentário: