segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

1º de março- aniversário do Rio



                448 anos de fundação

 

Parabéns para o mais novo Patrimônio da Humanidade.




No dia 1º de julho de 2012, na Rússia, o Comitê de Patrimônio da UNESCO, em votação, tornou a cidade do Rio de Janeiro a primeira do mundo a receber o título da UNESCO de Patrimônio Mundial como Paisagem Cultural Urbana.
O conceito de paisagem cultural surgiu em 1992. A ocorrência harmônica entre interação humana e a natureza é a premissa básica para uma candidatura a este título. 


A candidatura do Rio foi apresentada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN desde 2009. Em janeiro de 2011, o Centro do Patrimônio Mundial da UNESCO, sediado em Paris, decidiu pela inclusão da candidatura do Rio de Janeiro na agenda da 36ª WHC, ocorrida em São Petersburgo.

A cidade Rio terá de cuidar melhor ainda das características que a consagraram Patrimônio Mundial, pois há a exigência de informações constantes a UNESCO sobre a gestão dessas áreas, e é possível perder o título caso a região consagrada não receba os cuidados adequados.
"

(do site Rio Conventions & Visitors Bureau)
Morro Cara de Cão,local da fundação 
  No  dia primeiro de março de 1565, Estácio de Sá – comandante em chefe das tropas portuguesas que pretendia fundar uma cidade na Baía do Rio de Janeiro ,escolheu um local entre dois morros. O primeiro foi chamado “Cara de Cão” e o segundo “Pão de Açúcar”.

Ali foi tomada a posse das terras para Portugal e o próprio Estácio participou dos primeiros atos necessários para  preparar o terreno e edificar o local( o atual bairro da Urca).
No dia 31 de março, quando o Padre Anchieta -que fazia parte da expedição voltou à Bahia,relatou que já existiam casas de madeira e de barro e   algumas plantações.
Os ataques dos Tamoios eram constantes e  Estácio pediu reforços ao tio e Governador Geral,Mem de Sá que veio pessoalmente enfrentar os inimigos. 
  O  combate final aconteceu a 20 de janeiro de 1567 – Dia de São Sebastião, padroeiro da nova cidade.
  A vitória favoreceu os portugueses e consolidou a fundação do Rio.
 Morro do Castelo- quadro de Victor Meirelles
  Ferido por uma flecha, Estácio morreu em abril seguinte.

Para sediar a nova possessão portuguesa,Mem de Sá escolheu um monte projetando-se para o mar e distante cerca de seis quilômetros da antiga vila,logo chamado "Morro do Descanso",pois naquela tranquilidade poderiam se refazer dos embates com os índios e os invasores franceses.

O morro teve vários nomes:  “Castelo de São Januário”, “Alto da Sé”, “Morro de São Sebastião” e  “Morro do Castelo”, até que foi destruído em  1921,para as obras de remodelação da cidade e suas terras serviram para aterrar praias  em volta.

O local/bairro, no centro histórico  do Rio, é o que chamamos  Castelo.

********************************************

Nenhum comentário: