quinta-feira, 5 de julho de 2012

120 anos da Princesinha do Mar


 do Site do G1
"Para comemorar os 120 anos de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e celebrar a escolha da cidade, pela Unesco, como Patrimônio Mundial da Humanidade na categoria Paisagem Cultural Urbana, a prefeitura vai realizar na sexta-feira (6/7), um show aberto ao público nas areias da praia, em frente ao Hotel Copacabana Palace. O evento tem a promoção da Globo Rio.

A dupla comemoração terá início às 18h com apresentação do DJ Luiz Henrique, que dará as boas-vindas ao público. Para entrar no clima da Bossa Nova, às 19h acontece o show dos cantores Roberto Menescal, Marcos Valle e Wanda Sá. Representando as diferentes gerações que convivem nas ruas de Copacabana, às 20h sobem juntos no palco Martinho da Vila e Mart’nália"


 **************************************** 
Banhistas em Copacabana em 1924
copacabana foi chamada primeiramente  Sacopenapã. Em 1754, um monge  beneditino Antonio de Desterro Malheiro, sobrevivente de um naufrágio na costa do Brasil cumpriu a promessa que fez, caso saísse vivo do incidente, e deu o nome da padroeira de sua cidade (um vilarejo situado às margens do lago Titicaca,na Bolívia)Nossa Senhora de Copacabana a uma igreja que fez construir. 
Há controvérsias. 

"1-A família dos poderosos fazendeiros Proença, de Suruí, terria homenagedo a Nossa Senhora de Copacabana e para isso construiu a capela original

2) A capelinha em ruínas que havia nas areias de Sacopenapã no séc. 17 era de outro santo qualquer ou mesmo os escombros de um simples oratório dos pescadores e nada tinha a ver com a Nossa Senhora de Copacabana;

3) Somente com a construção da igreja "de verdade", em 1776, no local onde hoje está o Forte de Copacabana, e com a transferência do oratório da santa de Suruí para lá é que a região começou a ser chamada de Copacabana.

Ou seja, a Princesinha do Mar começou mesmo em Magé, antiga Suruí. Novas pesquisas que levem estes fatos em consideração poderão finalmente estabelecer a verdadeira história da praia mais famosa do Brasil."

(fonte deste pequeno texto:Wikipedia)



Em 1914, o Forte de Copacabana foi erguido no local da antiga igrejinha com o objetivo de reforçar a defesa da Baía de Guanabara.

 O Túnel Alaor Prata, que hoje chamamos Túnel Velho ,foi inaugurado em 6 de julho de 1892  pelo vice-presidente da República, Marechal Floriano Peixoto, facilitando  a passagem dos bondes da Companhia Ferro Carril do Jardim Botânico-a concessionária dos bondes que circulavam pela Zona Sul- e  marcou o início  da urbanização de Copacabana.

Banhistas em Copacabana - 1924
 No início do século passado,ir à praia se tornou opção de lazer, depois moda e, agora, está incorporado ao estilo de vida dos que vivem e visitam a nosa cidade

A partir do final da década de 50,Copacabana cresceu  e hoje tem  população fixa de  cerca de  650 mil habitantes. O bairro animado que viu nascer a bossa nova  é cheio de praças,  restaurantes, bares, cafés, 80 hotéis, cinemas, bancos, igrejas, sinagogas   lojas, teatros e feiras de arte nos finais de semana.
   É o bairro com o maior número de idosos e aposentados do Rio de Janeiro.
Do Leme ao Arpoador são 4 quilômetros e meio de praia, formando verdadeiro retrato do Brasil,unindo famílias de todos os estratos sociais- das comunidades aos apartamentos de alto luxo convivendo no mesmo espaço  compreendido entre o mar e a montanha.

A praia, cartão postal da cidade que também  é  chamada "Princesinha do Mar", tem sido palco de megashows nacionais e internacionais e da tradicional festa de 31 de dezembro com queima de fogos.

******************

"Em 1944, o compositor Braguinha foi procurado pelo editor Vicente Mangione, que trazia um recado do produtor cinematográfico americano Wallace Downey.Ele  desejava uma música como tema de uma boate que estava para ser lançada em Nova York com o nome da famosa praia carioca. Braguinha procurou o parceiro Alberto Ribeiro e, juntos, os dois decidiram começar a nova composição a partir de um trecho melódico de um fox-trot que tinham lançado em 1939: Era uma vez- sobre uma princesinha 
Assim, chegaram ao samba-canção Copacabana,gravado pelo pianista e cantor Dick Farney em 1946  com arranjo de Radamés Gnattali, saindo em disco pela gravadora    Continental- dirigida por Braguinha
De setembro de 1946 ao fim de 47 esteve em primeiro lugar nas paradas de sucesso e é um clássico da música popopular brasileira"
 *************
 Dick Farney interpreta a versão original
clique aqui:

http://youtu.be/BRn_b7KVZO0

************************************

Nenhum comentário: