terça-feira, 20 de abril de 2010

Tango Argentino no cinquentenário de Brasília



Pneumotórax
"Febre, hemoptise, dispnéia e suores noturnos.

"A vida inteira que podia ter sido e que não foi.


Tosse, tosse, tosse. .


- O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.


- Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?


- Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino".



Manuel Bandeira
**********

É imersa numa crise política e moral sem precedentes que solta lavas a mais de 7 km de altitude e expele raios ao mesmo tempo-como o vulcão da Islândia- que Brasília,também conhecida como "Ilha da fantasia",completa 50 anos.

Seu ex-governador recém saído da prisão e o novo, da mesma camarilha,recém eleito por 13 dos 24 representantes distritais.Alguns deles(ou todos?) protagonizaram o revoltante episódio do recebimento de dinheiro de propina escondido nas cuecas,meias e bolsas
A possibilidade de intervenção muito cogitada porque desde 2009, a cada dia,surgem novos escândalos.
Um casal conhecido nosso, que circulou a vida inteira entre Todos os Santos,Mutuá e Rocha Miranda,locais simples aqui do RJ, viu-se ,subitamente e pelos deveres do marido funcionário público,alçado à capital federal durante o governo Médici.
O posto era do quinto escalão,mas possibilitava a visão ao longe da Primeira Filha nas reuniões de senhoras e das Altas Autoridades Constituídas nos jantares dos senhores.Com a aposentadoria, sofreram danos irrecuperáveis na reentrada da atmosfera carioca,com direito a depressão profunda, AVC,tentativa de suicídio,agorafobia e... morte.
**********************

Nenhum comentário: