sábado, 8 de agosto de 2009

Projeto Lumen- Intervenções Luminosas no Rio de Janeiro


Luz transformada em arte e a imagens do som – Primeira Etapa                 
(8 de agosto,2009)
Com o patrocínio da LIGHT-Serviços de Eletricidade do Rio de Janeiro- comecou ontem,sexta feira 7 de agosto,a primeira das três etapas do projeto LUMEN (as outras acontecerão de 21 a 31 de agosto e de 4 a 13 de setambro),realizado pela Hólos Consultores Associados, com idealização da Ana Laet Comunicação e curadoria de Paulo Reis.
Seis artistas plásticos que visitaram o Rio em ocasiões diferentes: um mineiros, e dois paulistas,um português, um italiano e um espanhol escolheram pontos turísticos da cidade para projetar imagens luminosas.
As intervenções serão sempre em dulpa:um artista brasileiro e um estrangeiro simultaneamente.
Ontem,o paulista Albano Alfonso iluminou o MAM com seus “Forjadores” –figuras humanas em movimento formada por pontos de luz e Rui Calçada Bastos veio com “A Lei do Silêncio” em que um microfone conectado a um dispositivo exibe a imagem luminosa dos barulhos de um local :a empena que fica atrás do edifício da Escola Superior de Desenho Industrial (ESDII),na Rua Evaristo da Veiga, centro da cidade.
O projeto recoloca o Rio no circuito de eventos internacionais de arte contemporânea e artistas convidados já mostraram seus trabalhos em Dubai,Madri e Roma.
****
Em 1999, algo meio semelhante aconteceu no Rio: a artista plástica norte-americana Jenny Holzer utilizou a frase "Proteja-me do que quero" de letra de sucesso da banda inglesa PLACEBO, para dar título à sua exposição no CCBB.-Centro Cultural Banco do Brasil O projeto pioneiro transportou o universo literário para o das artes plásticas. Ajudando a subverter a percepção,Holzer projetou frase/título em néon azul no Pão de Açucar, juntamente com outros truismos. Depois da temporada no Rio, foi a vez de São Paulo (SESC-Vila Mariana) e, depois, seguiu para Buenos Aires e Cidade do México

Nenhum comentário: