quarta-feira, 25 de março de 2009

Relatório sobre pena de morte


2390 pessoas executadas em 2008
(26 de março, 2009)
Gostaria de complementar a informação postada ontem,transcrevendo uma notícia que vem direto da editoria do site  g1-Portal de notícias da Globo em   
http://g1.globo.com.
onde se encontra o vídeo mencionado.Notem a interpretação da segunda alternativa.
Um vídeo da rede de notícias Al-Jazeera afirma que o Irã considera punir com pena de morte os responsáveis por blogs com conteúdo ofensivo. As leis do país autorizam a morte de homens, mulheres e crianças que assassinam outras pessoas e minam a estabilidade e autoridade do Estado -- aberta à interpretação, esta segunda alternativa já puniu pessoas que cometeram estupro, adultério, tiveram relação com droga e comportamento homossexual. De acordo com a Al-Jazeera, o Irã quer expandir a pena para blogueiros. 
Em nome da "estabilidade e autoridade do Estado" certamente 
virão ,no rabo do foguete, outras
arbitrariedades.
******************
(25 de março 2009)
A Anistia Internacional publicou, ontem, um relatório a respeito da adoção da pena de morte: “Sentenças de Morte e Execuções em 2008” (Death Sentences and Executions in 2008), contendo um doloroso dado: entre janeiro e dezembro de 2008 pelo menos 2.390 pessoas foram executadas em 25 países no mundo todo e pelo menos 8.864 foram condenados à morte.
A pena de morte é a mais cruel, desumana e degradante forma de punição. Decapitação, eletrocução, enforcamento, injeção letal, fuzilamento e apedrejamento não têm lugar no século XXI”, disse Irene Khan, Secretária-Geral da Amnesty International.
O documento aponta países que aprovaram sentenças de morte após julgamentos injustos, como o Afeganistão Iraque, Nigéria, Arábia Saudita, Sudão e Iêmen e, Irã, O relatório também chama a atenção para a maneira discriminatória com a qual a pena de morte foi frequentemente aplicada em 2008, com um número relevante de sentenças dirigidas contra homossexuais e membros de comunidades raciais, étnicas e religiosas, em países como Sudão, Arábia Saudita e Estados Unidos e Irã.
5 países foram responsáveis por 93% de todas as execuções:China Estados Unidos, Arábia Saudita, Paquistão e Irã.
A propósito do Irã ,que aparece como campeão de audiência nessa lista macabra,outra barbaridade: na prisão Evín, em Teerã, os estudantes Esmail Salmanpour, Majid Tavakkoli, Hossein Torkashvand e Koroush Daneshyar estão presos, sem acusação nem julgamento, desde 5 de fevereiro de 2009. Encontram-se, sob a “guarda” do Ministério de Informação.
A AI teme que sofram tortura ou outros maus-tratos e os considera "prisioneiros de consciência".
****

Em 2006,assinei- como ser humano e mãe de um filho  homossexual-a petição da PGLO  (sou o número 3225 e junto comigo vieram muitos outros brasileiros) .É uma organização iraniana - que funciona no exílio,edita uma revista em formato PDF e emite um programa de radio semanal (ambos via web). 
No texto do abaixo-assinado, a PGLO condena a tortura e execução de homossexuais no Irã, pede apoio internacional e explica que às perseguições são ainda acrescentadas falsas acusações de violência sexual e pedofilia, para “agilizar” o processo da pena de morte.
Os pais e familiares próximos dos condenados  passam pelo mesmo "procedimento" quando ousam se negar a assistir o assassinato legalizado dos filhos/entes queridos.
 
A PLGO pede a todos os ativistas dos direitos humanos,à comunidade internacional, aos simpatizantes da causa e aos amigos e familiares de gays que protestem contra os crimes de ódio assinando seu manifesto. Também informa que os homossexuais iranianos são submetidos a uma repressão extrema e que apenas uma pequena parte da homofobia vigente no país teve exposição na mídia.
Mesmo assim porque, convenhamos, 117 já  haviam morrido  por enforcamento até a primeira quinzena daquele mês de novembro
 _____________________________________   http://new.PetitionOnline.com/IRGLO/petition.html Site da PLGO www.pglo.net

4 comentários:

Anônimo disse...

A pena de morte pode e deve ser exercida pelos estados.Aplica-la contra os criminosos barbaros:sequestradores homicidas , estrupadores de crianças,aos "nascidos para matar".É revoltante mantermos com o nosso dinheiro ,presos e normalmente soltos em curto prazo pela benevolencia de nossas leis,monstros que matam,voltam a matar e violentam crianças.Não acredito que alguma vítima que tenha sobrevivido a um dos violentos seguestros praticados cotidianamente em nosso meio,sujeito às angustias e as agruras de um crime desse nivel,seja contrario a à execução do criminosos.Qunato aos gays,nada contra.Apesar de serem quase sempre frutos de desajustes de personalidades que os levam a habitualmente estarem envolvidos em violencias,como vitimas ou autores.

Luiz

Anônimo disse...

Luiz
Voce provavelmente nao tem ideia do que esta falando,ser gay nao e e nunca foi nenhum tipo de disturbio,nao e uma coisa que possa ser evitada ou tratada ..pelo simples fato de nao ser uma doença,e uma pena que pessoas tenham essa sua mentalidade,gays sao humanos normais com direitos e liberdade.
ass HOMERO

Anônimo disse...

O comentário infeliz acima que diz que gays são desajustados certamente vem de algum curioso que imagina ser um especialista em comportamento humano, o qual não merece qualquer crédito ou respeito. O órgão máximo em assunto de saúde (OMS) declarou oficialmente que homossexualidade é apenas comportamento e jamais uma patologia. Dizer ainda que gays sempre estão envolvidos em fatos de violência demonstra apenas que o infeliz comentarista acima é completamente desinformado do perfil de criminosos, tentando equiparar gays a delinquentes. Mais um preconceituoso digno de pena e desconsideração. Mas o fato do Iraque matar pessoas por serem gays denuncia a baixeza moral desses governantes, a total inferioridade evolutiva de um país que sempre está envolvido em conflitos e sofre o repúdio mundial de seus atos. Triste de quem nasce num país atraso como esse.

Sergio Souza
PUC/PR
Dep. Direitos Humanos

Thaísynha disse...

Eu sou a fovor da pena de morte siim,mas sóh para crimes brutais : Por exemplo: Pedofilia,Sequestradores homicidas,estrangulamnto,pai que mata filho,filho que mata pai,irmã que mata irmão,esses siim são os que tem que serem levados á sérioo e que deve siim ter pena de morte decretada. ! PQ que ele siim merecem serem mortos,por causa que naum adianta nada eles ficarem presos por causa que se forem soltos novamente vão continuar fazendo o que ele fazeem e eu acredito que nada,nada mesmo vai os fazerem mudar sobre essa opinião. ! Quem escolhe matar ou abusar de crianças,menores de idade ou até emso á cometer crimes de estrangulamentos,não vai pensar que els vão mudar por que ele não vão ... Esses safados,ordinários,tem que morrer mesmo ... Sem pena e nem dó ... Porque quem disse que eles tem pena de fazer o que els fazem com a nossa sociedade eles não estão é nem aí mesmo para ele tanto fez o tanto faz... Nesse país em que vivemos hj é olho por olho e dente por dentee .... Ningu´[em mais liga pr ninguém mais não . ! È uma tristeza viver num país atraso como esse . ! Ninguém merece . !

Thaís Castro
SP / Jaçana
Estudante ....
25/08/10 5:00