quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Madonna- 60 anos


Morando atualmente,em Lisboa,seu endereço- Palácio Ramalhete, monumennto histórico que foi pano de fundo para ''Os Maias",de Eça de Queiroz,agora faz parte dos roteiros turísticos obrigatórios.
Acho que nem tanto pela fama da obra, que foi adaptada para minissérie aqui no Brasil..







Ela se reinventa,se supera,transcende
 



Cantora, dançarina, coreógrafa, atriz, produtora de filmes e escritora, música,  militante política, sexual e religiosa, ícone fashion. Considerada pelo Livro Guiness de Recordes a mulher/artista mais rica de todos os tempos.
Tudo isso, por enquanto, não é mesmo? Porque nunca se sabe as surpresas que esta camaleoa leonina nos reserva.
 Ela me lembra um cornucópio, que os dicionários definem como “um vaso com flores e frutas que dele extravasam profundamente, antigo símbolo de fertilidade, riqueza e abundância”.

Nesses tempos da pirataria desvairada, a revista americana Forbes divulgou  que a rainha do pop ganhou - entre junho de 2006 e junho de 2007 - 72 milhões de dólares ou 49 milhões de euros, com turnês, venda de CDs e DVDs e de produtos que levam seu nome, acessórios, roupas e 11 livros infantis que já venderam mais de 7 milhões de exemplares.Imagina agora..

Seu último trabalho, “Hard Candy” vem recebendo críticas polêmicas, comentários severos, mas, como boa marqueteira, ela vai potencializar as possibilidades. Madonna está em toda parte.
 

A Persona de Madonna

A palavra Persona significa “expressar-se através de uma máscara”.

Máscaras customizadas eram usadas nos primórdios do teatro grego. Cada personagem pré-determinado usava a expressão facial correspondente, usando apenas a voz e o gestual. Algumas máscaras indicavam o destino final do personagem.

O psicanalista Karl Jung usou o termo Persona para definir o modo como nos exibimos na comunicação com o mundo, a forma como somos vistos e como nos vemos perante nossos semelhantes.

Assim uma espécie de ponte a partir do Ego, porque o molde da persona seria baseado na psiquê coletiva. Como uma capa de super herói, a persona é um sistema de defesa.

Jung receou que o Ego consciente poderia se identificar com a máscara supervalorizada, caminhando rápido para se tornar um farrapo da realidade.Retirada a mascara/persona, a pessoa poderia se tornar um estranho no ninho e, fora dele, refletiria o lado escuro e desconhecido, que o psicanalista denominou “sombra”.De cantora e baterista de pequena banda desconhecida, Madonna se reinventou como atriz em “Procura-se Susan desesperadamente.” Ontem “Material Girl”, hoje renovada como senhora inglesa respeitável, mãe de famíllia amantíssima, escritora de livros infantis.

E a maior divulgadora da Cabala, atraindo milhões que desejam uma iniciação a cada dia.
Madonna é um fenômeno de intuição e sensibilidade, transcende e consegue transitar por inúmeras personas, saindo de cada uma no momento certo. E do jeito mais raro entre as celebridades - sempre “pra cima”. 
 


“Oh mãe, por que você não está aqui comigo?”
(da composição “Mother and Father”)



Madonna Louise Veronica Ciccone nasceu em 16 de agosto de 1958, em Rochester, Michigan, primeira dos 3 filhos do primeiro casamento do ítalo-americano Sylvio (Tony), engenheiro da Chrysler/General Motors com Madonna Louise Fortin, franco canadense que morreu de câncer no seio em 1964, deixando enorme buraco emocional na menininha de 6 anos incompletos.

Ela falará da mãe em suas composições (Promise to try, Mer Girl et Mother and Father). Elsie Fortin, avó materna, tentou suprir a falta e as duas se tornaram muito próximas.A educação formal da popstar foi na West Junior High School e na Adams High School ambas em Rochester. Em seguida, na Escola de Dança da Universidade de Michigan, em East Lansing, onde, ao se especializar em dança contemporânea deixou o curso no meio do caminho, causando sérios problemas de relacionamento com o pai.Será que vou ser uma estrela? (da composição“American Life’)


Aos 19 anos, descontente com o rumo de sua vida, Madonna foi morar em Nova York.
Pela primeira vez deixou Michigan, pela primeira vez fez uma viagem de avião com a cara, a coragem e 36 dólares na bolsa.

Fez parte da equipe de bailarinos de Patrick Hernandez (do hit "Born To Be Alive"). Aprendeu a tocar bateria, fez curso de coreografia com Alvin Ailey e de modelo fotográfico, chegando posar nua.
Freqüentou a The Factory - agência e estúdio de Andy Warhol - onde conheceu Jean Basquiat, que ficou encantado com a jovem candidata ao estrelato. Basquiat, grafiteiro sempre ligado à musica, que estava presente no seu ambiente de trabalho como pano de fundo, formou uma banda, que teve vida curta mas incrementou o ecletismo de Madonna, que ali mesmo decidiu ser cantora.A carreira de cantora começou super bem। Em 1983, gravou o primeiro single -”Everybody” - que tocava sem parar nas baladas novaiorquinas. Depois, "Borderline" e "Lucky Star" firmaram o sucesso, tornado-a a queridinha da mídia.
 


Like a Virgin



O álbum que a consagrou e a tornou ícone, é considerado uma das mais importantes produções da década de 80 e também deve constar com destaque  nessa nossa pequena biografia. A fama internacional veio em 1985 com o sucesso de Like a Virgin e os dois hits ali encontrados: "Material Girl" e "Crazy For You”. Eles alavancaram a carreira de atriz. “Procura-se Susan Desesperadamente", foi a primeira aparição no cinema.

O terceiro trabalho, True Blue, saiu em 1986 e vendeu mais de 5 milhões de cópias só nos Estados Unidos. Nem o insucesso do segundo filme “Shangai Surprise” abalou a imagem de Madonna. O mais importante foi receber o respeito da crítica sobre seu ecletismo.
  • O casamento com o ator Sean Penn entre 1985/1989 extinguiu-se entre tapas e beijos e em meio a alguns barracos públicos.

  • Em 1990, cumpriu a enorme turnê Blonde Ambition Tour e lançou a música "Vogue", popularizando nova coreografia nos clubes noturnos. 
  •  
  • A atuação em Dick Tracy (ao lado de Warren Beaty) e a coletânea “The Immaculate Collection” consolidaram dez anos de sucesso.
  • Madonna voltou às paradas em 1992, com o single "This Used To Be My Playground". No final daquele ano, mais uma explosão na mídia - o álbum “Erotica”, acompanhado do polêmico livro de capa prateada “Sex”, chiquérrimo, repleto de fotos de conteúdo erótico, disputado a tapa (gente, eu ganhei um da divulgação!)


Evita, agenda afetiva e planos


Ninguém melhor para exemplificar a Persona de Jung que Evita Perón.

Madonna deve ter estudado bastante a iconografia do Justicialismo peronista.
Porque praticamente encarnou a Evita mãe dos pobres e padroeira da nação irmã, no filme ambientado nos anos 50.

Ganhou um Globo de Ouro pela interpretação da trilha do fime e engravidou de Lourdes Maria (Lola), filha de seu ex personal trainer Carlos Leon (a menina nasceu em 1996).

A antiga agenda afetiva, esquecida no tempo, que continha nomes como Andy Byrd (ator e diretor), Dennis Rodman(jogador de basquete); John Enos (ator) e Warren Beaty (ator) foi deletada.

Um hiato de 4 anos e lá vem ela com mais novidades de eletrônica, techno e trip-hop (no album Music) e com a notícia da segunda gravidez.
Madonna e Guy Ritchie, pai de Rocco, quando casados   David Banda, nascido no Malauí e órfão de mãe.

 Dirigiu um filme sobre o romance entre os Duques de Windsor.
 Ganhou dezenas de troféus e todos os símbolos do sucesso no mundo das artes, todo o dinheiro que desejou, está imortalizada em Museu de Cera, trocou o nome para Esther quando mergulhou na Cabala e sua polivalência, com certeza, ainda vai percorrer longas avenidas.

Madonna é também uma antiga palavra italiana usada como forma respeitosa de se dirigir a uma dama.
*********

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Josef Stalin e o Homem Macaco

 

Uma viagem na maionese

No final da década de 20 do século passado,Stalin (foto)estava mergulhado em grande problemática:o exército da União Soviética era despreparado para enfrentar potenciais inimigos muito bem treinados, como os alemães -e super equipados e modernos- como os americanos, décadas antes da”Guerra Fria”. 
Buscando encontrar uma solução, o ditador teve uma ‘brilhante’ idéia.
Chamou Ilya Ivanovitch Ivanov ,uma sumidade no campo da hibridação animal que, no tempo do Czar (1901) ,dirigiu o primeiro centro de inseminação artificial do mundo que trabalhava com cavalos de raça e ordenou
- "Quero guerreiros. Um guerreiro é um novo tipo de ser humano invencível, insensível à dor, resistente e indiferente à qualidade de comida que for dada para ele." 
ilya Ivanov
Como o DNA só começou a ser decifrado nos anos 50,as técnicas de manipulação genetica eram incompletas,mas a ciência explica que a sequência de DNA dos chimpanzés é 95% compatível com a dos humanos e o código genético 99%.Assim sendo, existem especulações sobre a possibilidade de ser criado um híbrido. 
Viajando na maionese tanto ou mais que Stalin,Ivanov aceitou a empreitada e decidiu cruzar humanos e símios. O governo comunista da época não tinha o menor escrúpulo em mandar e desmandar em vidas humanas.Bastaria encontrar “voluntárias” que seriam inseminadas com esperma de macacos. Por incrível que possa parecer, o grande problema era encontrar macacos que participassem na experiência absurda. 
Em 1926,Ivanov foi enviado `a Estação de Pesquisa Francesa na Guiné, Africa- com um bom patrocínio:200 mil dólares – para estudar os macacos e escolher qual a raça mais compatível para fornecer esperma. Ao mesmo tempo,na Unão Soviética, foi fundado um centro de pesquisas, avalizado pelo Politburo- para acompanhar a evolução do projeto. 
Depois de um retumbante fracasso na Africa(onde a mulheres “voluntárias” eram simplesmente sequestradas),Ivanov usou seus contatos no Instituto Pasteur ,de onde havia sido membro,para realizar ,nos laboratórios da instituição, a tentative de inseminar 3 fêmeas de chimpanzé com esperma humano.Sem resultados.


Humanzee


Em 1930,em Sukhumi região do Mar Negro–Georgia,usando como pano de fundo a Academia Comunista novamente injetou esperma de símios em "voluntárias". Alguns cientistas especulam que ali foi gerado o famoso híbrido,(denominado humanzee)cujos restos foram descobertos na década de 70 por trabalhadores que ,no local,construíam um playground para crianças.
Pela ótica pirada de Stalin,os mutantes seriam apenas um item do conjunto de medidas que transformariam a União Soviética na mais poderosa nação do planeta . E,sendo a mão de obra perfeita-fortes e burros-subcategoria submissa,ajudariam a implantar o novo Plano de Industrialização. O cientista Ivan Ivanov se deu mal.Pelo fracasso que custou caríssimo ao Estado foi condenado a 5 anos de prisão. Mais tarde,a pena foi comutada por um exílio na República do Casaquistão(na Ásia Central) em 1931.

Humanzees na História

Existem rumores sobre “humanzees”  ao longo da História.
No século 11,São Pedro Damião, bispo e doutor da Igreja, em De bono religiosi status et variorum animantium tropologia,nos conta sobre um certo Conde Gulielmus cuja esposa tinha um macaco como amante e que o amante matou o marido num acesso de ciúmes.
O Santo explica que a história lhe foi passada pelo Papa Alexandre II e que uma criatura chamada MAIMO seria o resultado do intercurso entre a condessa e o símio.Seria uma criança humana com deficiência mental.
Durante a segunda Guerra mundial,o médico nazista Josef Mengele apavorava as vítimas de seus experimentos fazendo tortura psicológica:dizia-lhes que, durante o procedimento a que haviam sido submetidas,teriam sido impregnadas com esperma de macacos. Claro que a busca da raça perfeita não permitiria (pelo menos) essa barbaridade..
Planeta dos Macacos
O filme americano de ficção científica "O Planeta dos Macacos",baseado na obra de Pierre Boulle e dirigido por Franklin Schaffner ,parece ter se baseado na historia dos híbridos de Ivanov . 
Um astronauta sobrevivente de missão espacial, aterrissa em planeta igual à Terra e descobre que uma raça de macacos falantes domina e escraviza seres humanos, que são mudos. O planeta era a Terra, ou o que restou de nossa civilização. Todas as resenhas apontam a cena final-o topo do Empire State Building destruído numa praia, como um libelo contra a Guerra Fria. 
E,por extensão,contra qualquer espécie de violência
************

"Planeta dos Macacos" dublado completo em português 1968


https://www.youtube.com/watch?v=KGsveQ60e5Ihttps://www.youtube.com/watch?v=KGsveQ60e5I
***********************************************

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Como funciona a pílula anticoncpcional/ Descriminalização do aborto




"O Senado da Argentina rejeitou na madrugada  de  9/8/2018 o projeto de lei que legalizaria o aborto no país. Após uma sessão de cerca de 16 horas, ele foi recusado no Senado por 38 votos contra, 31 a favor e duas abstenções.
No Brasil, o aborto é considerado como crime contra a vida humana pelo Código Penal Brasileiro, em vigor desde 1942, prevendo detenção de um a três anos para a gestante que o provocar ou consentir que outro o provoque,de um a quatro anos para quem provocá-lo em gestantes com seu consentimento] e de três a dez anos para quem o provocar em gestantes sem o seu consentimento."
Wikipedia
******
Do site da BBC News:
"Mas o que vai acontecer a partir de agora? Quando o caso será julgado? E quais ministros já se posicionaram publicamente sobre o pedido de descriminalização do aborto?

Como será o julgamento

A partir do término das audiências, um relatório com as falas de quem participou será distribuído a todos os 11 ministros da Corte, para consultarem, se quiserem, ao redigirem seus votos.
A relatora da ação, ministra Rosa Weber, deverá preparar o voto e o relatório do caso - um resumo das alegações do PSOL e do posicionamento dos órgãos chamados a se manifestar, como a Advocacia-Geral da União (AGU). Não há prazo para isso.
No julgamento de um habeas corpus em 2016, a ministra se posicionou favoravelmente a que o aborto deixe de ser crime. Por isso, há uma expectativa de que Weber se manifeste a favor do pedido para que o aborto seja descriminalizado.

Após concluir o voto, Rosa Weber deve pedir a inclusão do processo na pauta de julgamento do plenário do Supremo."

***************


 O cientista austríaco Carl Djerassi 1923-2015 foto) ,que residiu
 nos Estados Unidos desde o início da 2ª grande guerra, é considerado o pai da pílula anticoncepcional.
Retomando os estudos de um outro cientista austríaco - que nos anos 20 suspeitava ter a progesterona efeitos contraceptivos - Djerassi apresentou oficialmente o medicamento Enovid-R em 15 de outubro de 1951.
A aprovação do FDA americano veio, somente, em 1960, quando as primeiras cartelas começaram a ser vendidas nos Estados Unidos.
Os pesquisadores da equipe Carl Djerassi apresentaram ao mundo um novo padrão de liberdade : fazer amor sem o sentido bíblico. Um simples comprimido controlaria a fertilidade. Começou uma era inovadora do sexo fora do casamento na linha contrária ao pensamento da igreja católica e as mulheres ganharam o direito de administrar seus corpos. O amor livre foi a primeira revolução sexual da Era Moderna.
Nos dias de hoje, existem à venda centenas de contraceptivos, mas apenas seis compostos químicos são usados na fabricação. A pílula anticoncepcional se apresenta na fórmula composta com estrogênio e progesterona (pílula hormonal combinada) ou,na fórmula mais simples (mini-pílula), apenas com progesterona.
Os estrógenos ajudam a controlar a menstruação, que é provocada em 25/28 dias e são os responsáveis por efeitos desagradáveis como aumento de peso, de tensão, dores de cabeça e inchação nas mamas, entre outros.
Estes efeitos são agravados em mulheres diabéticas ou fumantes - tabaco combinado com estrogênio pode provocar coagulações ou trombose. O fumo aumenta os riscos cardiovasculares da pílula.
A taxa de inibição de ovulação se mantém ainda em cerca de 97%, como nos primeiros tempos.
A pílula anticoncepcional não deve ser tomada sem receita médica e é contra indicada em casos de doencas no fígado, tumores, diabetes, hipertensão, tuberculose, etc
Existem basicamente dois tipos de embalagem : a de 21 comprimidos ( tomar diariamente até acabar, parar durante 7 dias, recomeçando nova carteira ao 8º dia) e a de 28 comprimidos (tomar diariamente até acabar a cartela, sem interrupção e iniciar outra no dia seguinte).
Se a usuária, por qualquer motivo, não ingerir o comprimido na hora habitual e se o produto usado não vem com instruções específicas para esta hipótese, então deve ser tomado assim que possível, antes de terem se passado 24 horas.
Após 36 horas, abandone o comprimido que faltou e, deixando ultrapassar 36 horas, continue a tomar a pílula no próximo dia como seria habitual.
Nos próximos dez dias, use também outro método anticoncepcional complementar - a camisinha, por exemplo.
A pílula pode perder a sua eficácia no caso de vômitos ou diarreia nas primeiras 4 ou 5 horas depois de ingerido o comprimido. Pode falhar também na presença de alguns antibióticos e antifúngicos ( rifampicina, rifabutina e griseofulvina) e de certos medicamentos para tratamento de ansiedade, nervosismo e convulsões (epilepsia).
Nunca use medicamentos sem consultar um médico.
******************************

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Marilyn Monroe

 


Este agosto que começa marca os 56 anos da morte de Marilyn, que estaria com 92 . ( *1926)

Homenagem do então jovem Elton John. A canção foi adaptada , 21 anos atrás, para o funeral de Lady Di.

Goodbye Norma Jean

https://www.youtube.com/watch?v=7eIl_b5nHcE
 
Ascenção e queda da Diva loura


Marilyn Monroe permanece como o maior símbolo sexual do século 20, tornada ícone pela arte de Andy Wahrol, grande nome do cinema em todos os tempos e o mais tocante delesA morte trágica - e ainda não completamente esclarecida - aos 36 anos, só fez aumentar o mito

Ainda em vida, geminianamente, era uma mulher dividida em duas: uma pública expirando sensualidade que levava horas para ser “montada” e o mundo conhecia como Marilyn.

A outra, desconhecida, órfã de pais vivos e que vagou por muitos lares adotivos e desejou – sem sucesso- ser reconhecida pelos próprios méritos: Norma Jean. 
O temperamento oscilante contrastava com a grande determinação. 

Era adorada por homens e mulheres, que não se sentiam ameaçadas pelo símbolo sexual
Todos experimentavam o mesmo sentimento pela figura da falsa loura de corpo escultural: ternura

Cultivada pelos estúdios da 20th Century Fox, MM encarnava o sexo em estado bruto e aceitava numa boa os papéis de loura burra que lhe apresentavam. 

No entanto, seu talento natural de comediante iluminava a tela

Norma Jean

  Nascida  Norma Jean Mortensen, depois Baker, no dia 1º de junho de 1926 em Los Angeles, era filha de pai desconhecido e Gladys Baker Mortensen, que trabalhava como montadora na indústria do cinema.
A internacão da mãe em hospitais psiquiátricos e a passagem por nove casas de família e orfanatos em 4 anos marcaram sua vida.
Em junho de 1942, aos 16 anos, casou-se com James E. Dougherty. Durante a 2ª Guerra Mundial havia grande demanda de fotos femininas para os soldados

.Enquanto o marido lutava na Europa, Marilyn foi à Agência Blue Book Modeling and Studio e começou a trabalhar imediatamente 

Garota do calendário

As primeiras atuações como modelo e manequim a transformaram em “pin-up girl” com algumas figurações no cinema.

O casamento durou 4 anos e, na época do divórcio, já era conhecida como Marilyn Monroe Marilyn, nome emprestado de uma atriz de musicais da Broadway e o Monroe da avó materna.
 É deste momento a famosa foto nua em fundo de veludo vermelho para o calendário da Playboy. 

A carreira no cinema progredia. 
Logo estava  atuando ao lado dos Irmãos Marx e dirigida por John Huston e J.L. Mankiewickz.Foi com um papel dramático que alcançou o respeito da crítica: “Niagara”, de Henry Hathaway.  

A estrela sobe 

 O sucesso continuou: MM brilha em “Os homens preferem as louras”, de Howard Hawks  e “Como agarrar um milionário”, de Jean Negulesco. 
E acontece o casamento - que durou apenas 9 meses - com o ídolo do baseball Joe Di Maggio.

Em 1955, estrela já reconhecida, Marilyn funda sua produtora, em sociedade com o amigo Milton Greene e anuncia a intenção de deixar a Fox.
Antes de terminar o contrato, filma a celebérrima cena da saia levantada no metrô, diante de uma audiência de 5.000 pessoas.
A estrela brilha

Agora, Marilyn deseja ser, cada vez mais, ser reconhecida como atriz.  Para isso, segue os cursos do Actor's Studio  onde Lee Strasberg e sua mulher Paula lhe  ensinam o “Método” - teorias de Stanislavski,  sobre o papel do ator.

Depois do  casamento com o dramaturgo Arthur Miller, vai a Londres - acompanhada da agora onipresente Paula Strasberg - para filmar com Sir Laurence Olivier

A estrela doente 

Depois de 2 anos de ausência, volta a Hollywood para, cheia de charme e beleza, estrelar “O pecado mora ao lado”.Atrasos, caprichos e  faltas de concentração passam a ser coisa comum.  

Foram necessárias 47 tomadas para a  fala  Where's the bourbon”? 
Alternando gestações mal sucedidas e abortos (cerca de doze) ela, que adorava crianças, acabou ficando estéril.
Começou a fase do que MM chamava “doencinhas”, causadas por queda de imunidade e pela cada vez maior ingestão de barbitúricos.

Desajustada  

Em 1961, Marilyn se prepara para um personagem dramático em  "Os desajustados"  escrito por Miller e dirigido por Jonh Huston. Faz uma jovem mulher instável em processo de divórcio, que se apaixona por 3 homens ao mesmo tempo.A filmagem aconteceu no limite do suportável, porque o casamento com Miller já se desintegrava. 

Finalmente, saiu o divórcio em fevereiro de 1962.Marilyn inicia uma absurda relação com o jovem presidente dos Estados Unidos John Kennedy e com seu irmão, o Ministro da Justiça Robert  Kennedy(Bob).É o período das depressões severas e internações em clínicas. 
O fantasma da mãe doente mental surge em seus delírios, causados pela ingestão de quantidades industriais de medicamentos psiquiátricos.

O mundo caiu 
No dia 21 de maio, desobedece as ordens de se afastar do estúdio e vai ao Madison Square Garden onde, vestida com um modelo costurado ao corpo canta (ou melhor, sussurra, "Happy Birthday, Mister President" para John  Kennedy.
O universo de Marilyn desaba neste instante. 
Profissionalmente está desacreditada, a saúde péssima, a vida sentimental falida. 

A obsessão que passou a ter por Bob Kennedy, casado e pai de nove filhos, a transforma em pessoa que incomoda o primeiro escalão do governo 

 Vida depois da morte 

5 de agosto de 1962. O mundo inteiro recebe, chocado a notícia da morte e com o desenrolar das investigações, percebe que a tese de suicídio, divulgada logo após a morte, não bate.

Ainda hoje, a versão oficial é confrontada com o cenário da tragédia, sendo que os prováveis assassinos vão da Máfia à família Kennedy ajudada pela CIA, pelo legista e pelo psiquiatra.

Os 37 minutos de atuação em “Something's Got To Give”, interrompidos pela morte da estrela principal estão no documentário "Marilyn Monroe: Life After Death" ,1994, dirigido por Gordon Freedman.
 *********
"Marilyn Monroe: Life After Death"
no original, em inglês, duração de cerca de 1 h e 15 minutos

https://www.youtube.com/watch?v=DiYivZ8-K6

Este,dublado em português

https://www.youtube.com/watch?v=KCy_xUYgRYI&t=9s

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Agosto,inferno astral do Brasil

"Bate na madeira,pé de pato,mangalô três vezes'

Gente muito querida minha nasceu em agosto, seres do bem e que me trazem muita sorte e felicidade.
O título e o texto são apenas documentação das crendices. Nada pessoal. 

********************************************
***************** 
"A 24 de agosto,
Data esta receosa
Por ser a em que o diabo pode
Soltar-se e dar uma prosa,
Se deu o famoso parto
Da vaca misteriosa"
(do folclore nordestino)
********
*O mês de agosto é considerado, nos países latinos, de mau agouro para qualquer tipo de atividade.
*Na Argentina há uma tradição oral que diz que "lavar a cabeça em agosto chama a morte". 
*Dizem que primeira sexta feira de agosto é dia perigoso para negócios e viagens. Sexta feira 13 de agosto é considerado dia aziago (dia de azar, de má sorte, indesejável).  
*Rezam as tradições populares que no dia 24 de Agosto, Dia de São Bartolomeu, os diabos fogem da vigilância angelical e ficam em liberdade. 

*A Boda de Sangue, episódio também conhecido como "Noite de São Bartolomeu" ceifou mais de 20 mil vidas.
Ocorreu em 24/08/1852, na França, marcando o massacre dos huguenotes.
"Em dia de São Bartolomeu tem o demo uma hora de seu".

*Considerado o mês desmancha-prazeres da humanidade ,foi na famigerada segunda feira 01/08/1914, que começou a 1ª Guerra Mundial.
BRASIL VIRGINIANO
Os astrólogos costumam considerar como "nascimento" do Brasil o dia 7 de setembro de 1822, entre 16.11hs e 16.58 hs, no riacho do Ipiranga, hoje um bairro de São Paulo. 
Seu signo solar Virgem, senhor da 6ª casa do zodíaco, empresta à nossa nação seu caráter engenhoso, mutável mas passivo, tendendo à autodestruição.  
Este aspecto zodiacal faz com que o país esteja sempre buscando o conceito de "país do futuro", projetando detalhes e esquecendo o conjunto. A saúde coletiva é debilitada em contraste com as desejadas - e nunca encontradas - abundância econômica e riqueza cultural. 

A Lua em Gêmeos faz com que nosso povo seja hábil em se adaptar às mais diferentes situações e reaja com a criatividade e bom humor de seu intelecto ativo aos sucessivos golpes com que o mau caráter corrupto, a incompetência e a pusilanimidade de seus representantes vem lhe "presenteando" através da História. 

 Até a sacudidela de junho de 2013,o povo permanecia insensível,como que acostumado diante das misérias fazendo mau uso do campo das comunicações: eis lado escuro do signo de Gêmeos. E o que nos espera?  

O ascendente, que pode ser Peixes ou Aquário, dependendo dos cruciais 47 minutos da data da independência, traz imensa riqueza hídrica. Mas Peixes representaria o carnaval, a miscigenação, a musicalidade de nosso povo e o esporte mais popular, o futebol, que é jogado com os pés - parte do corpo regida por Peixes. 

O caráter pisciano é de povo que vive preso ao passado, afável e atraente, mas muito provinciano.
AGOSTO DE DESGOSTO NA HISTÓRIA E NO BRASIL
* Agosto 1822 - D Pedro I proíbe desembarque das tropas portuguesas no Brasil  

*9 de agosto de 1939 - Alemanha de Hitler e a União Soviética de Stálin firmam entre si um pacto de não-agressão, que estabelece, secretamente, a partilha do território polonês entre as duas nações.  

* 6 de agosto 1945 - Bomba Atômica em Hiroshima 

* 9 de agosto de 1945 - 2ª Bomba Atômica em Nagasaki  
* 13 de agosto de 1957 - Decretação do estado de calamidade pública no Brasil em conseqüência da "gripe asiática".

*Agosto de 1958 - uma violenta explosão seguida de um pavoroso incêndio, num paiol de pólvora do Exército em Marechal Deodoro (Rio de Janeiro), matou dezenas de pessoas, deixando milhares de desabrigados. 
* *08:30 horas do dia 24 de agosto de 1954 - suicídio de Getúlio Vargas.  
* 31 de agosto 1969 - General Arthur da Costa e Silva, "presidente" militar deixou o cargo, depois de uma trombose cerebral.  

* 22 de agosto de 1976 - Juscelino Kubitschek morreu em um acidente de carro em Resende (Rio de Janeiro).

*28 de agosto de 1992 - a Câmara dos Deputados aprovou a abertura do processo de impeachment de Fernando Collor de Mello. 

* Agosto de 2009 -O perigo de contágio da gripe suína faz o mês começar com mais de 16 milhões e 400 mil estudantes,em todos os níveis, sem aulas.O subproduto dessa paralisação ninguém pode prever.

2013-Manifestações por todo o país,cortes na Marinha,pactos sociais não cumpridos,desordem geral e outros tantos problemas que a maravilhosa visita do Papa não conseguiu colocar debaixo do tapete

13 de agosto de 2014-Morto em um acidente aos 49 anos, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Henrique Accioly Campos(PSB) teve uma carreira de sucesso na política do Estado. Foi ministro e tentava a Presidência da República. 
Deixou esposa e cinco filhos.  

*No ano de eleições gerais,fomos surpreendidos diariamente com escândalos, desmandos, "malfeitos",propaganda política mentirosa e muito mais.

* "Nunca antes na História desse país", foi noticiada tanta corrupção.Mas,em contrapartida, vendo tantos figurões dividindo celas comuns no Paraná, dá pra ver um minúsculo pontinho de luz no fim do túnel.

*Em 31/8/2017 foi decretado o impeachment de Dilma Rousseff 

*1/8/2017,após turbulenta sessão na Câmara dos Deputados em 
Brasília, foi evitado o afastamento de Michel Temer.

*Em 31/8/2017 foi decretado o impeachment de Dilma Rousseff  

Hoje, 1/8/2018,as manchetes mostram conturbado quadro pré-eleitoral, economia caótica e seria maçante listar aqui todas as nossas mazelas.


Que Deus nos ajude!

**********************************************************

domingo, 29 de julho de 2018

Morte em Veneza e afins


 


Puro deleite na noite de  insônia

  Graças ao canal Art 1, que
ajudou a tornar menos desagradável mais uma noite em claro. pela enésima vez, me emocionei com a soberba interpretação de Dick Bogarde em “Morte em Veneza”, baseado em obra de Thomas Mann e - quintessência do luxo - com tema musical de Gustav Mahler.

Todos os nomes citados acima tinham algo mais em comum além da genialidade,refinamento :talento, inspiração e sensibilidade
No caso de Mahler, grandes conflitos internos afetaram profundamente a vida conjugal. A amada (espiritualmente), mas insatisfeita Alma Mahler,  virou ‘femme fatale’, mais tarde casada com o arquiteto Walter Gropius, com o poeta Franz Werfel, e teve casos quentíssimos com os pintores Oskar Kokoschka, Gustav Klimt e etc,etc,etc.  "


"Morte em Veneza”


Hospedado em um hotel de veraneio em Veneza, no início do século XX e de férias para se recompor de stress causado por perdas e fracassos, famoso compositor - Prof. Gustav Aschenbach (Dirk Bogarde) - reservado e discreto, é surpreendido pela atração imediata, secreta e platônica que sente por outro hóspede, um jovem polonês, efebo de beleza angelical. 

 Uma epidemia de cólera permeia os acontecimentos. Aos poucos, o envolvimento vai se transformando em autodestruição. A obra prima rendeu a seu diretor o Prêmio especial do 25º Aniversário do Festival de Cannes (1971). Direção: Luchino Visconti. Com: Dirk Bogarde, Bjorn Andersen (o anjo em forma de gente), Silvana Mangano, Mark Burns, Marisa Berenson.

Don Luchino Visconti di Modrone, Conde de Lonate Pozzolo (1906-1976)

O diretor que transformou o romance clássico de Thomas Mann em "uma obra-prima de poder e beleza" - segundo o crítico William Wolf - era descendente de nobre família milanesa, filho de Giuseppe Visconti, Duque de Grazzano, e de Carla Erba (proprietária da empresa farmacêutica) e dedicou a juventude a cuidar de seu haras particular enquanto frequentava o mundo das artes. 

Entre 1936 e 1938, viveu na França, amigo de Coco Chanel e Jean Renoir, com quem trabalhou no filme "Une partie de campagne"e a trajetória continuou em Hollywood, até voltar a Roma.
Em 1940, ligado aos intelectuais que faziam o jornal “Cinema”, vendeu bens e jóias da família que lhe cabiam para realizar sua primeira película. Em seguida, foi contratado pelo Partido Comunista Italiano para realizar 3 documentários sobre camponeses e pescadores.

Continuou a filmar com monstros sagrados do cinema e o reconhecimento da crítica veio com o Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza por "Le notti bianche".
O primeiro êxito de bilheteria veio em 1960 com"Rocco e seus irmãos". Em 1963, conquista a Palma de Ouro do Palma do Festival de Cannes com o grandioso "O Leopardo", filme de três horas de duração extraído do romance homônimo de Giuseppe Tomasi di Lampedusa, que conta a história da transição da nobreza para o populismo, na Sicília nos tempos da unificação italiana.
Com o refinado "Morte em Veneza" (1971), protagonizado por Dick Bogarde, atingiu seu apogeu.

Uma crise cardíaca o prendeu à uma cadeira de rodas, mas não impediu a realização de mais jóias do cinema, sempre privilegiando uma “estética política” no olho do furacão do neorealismo Italiano.

Em 1976, morreu na residência de Roma.
14 filmes, 3 documentários, 36 direções teatrais e 23 direções de óperas, indicação ao Oscar, 2 prêmios Bodil de melhor filme europeu, Palma de Ouro em Cannes por “Il Gattopardo” e Leões de todos os matizes nos Festivais de Veneza ficaram como legado material do aristocrata mais refinado e mais “povão” que a Itália jamais produziu, um grande marxista de alma e coração.

Thomas Mann (1875-1955)

Alemão e um dos maiores romancistas do século XX, recebeu o Prêmio Nobel de Literatura em 1929.
Filho do comerciante Johann Heinrich Mann e da escritora e produtora cultural brasileira Júlia da Silva Bruhn, casou-se com Katia Pringheim. 

 Irmão mais novo do romancista Heinrich Mann, foi pai de seis filhos. Na obra de Thomas Mann não há menção à terra da mãe, mas existem inúmeras teses, trabalhos e ensaios sobre como esta mestiçagem teria pontuado sua vida e influenciado sua produção.
Em 1893, edita a revista "Der Frühlingssturm" (A Tempestade de Primavera) e participa do quadro de colaboradores.

Apaixona-se por Wilri Timppe, filho de um de seus professores. Mais tarde, Timppe seria inspiração para Pribslav Hippe, personagem de "A Montanha Mágica", um retrato da Europa em ebulição, com a Primeira Guerra Mundial em seus primórdios.

Começou a criar 'Buddenbrooks", saga de uma família por 4 gerações, durante uma viagem à Itália e, de volta a Munique, editou um jornal satírico/humorístico "Simplicissimus".
Esse foi o momento da paixão não correspondida por Paul Ehrenberg, que definiu mais tarde como a "experiência central de seu coração”.
Quando Hitler chegou ao poder, a família inteira perdeu a cidadania alemã e Mann asilou-se na Suíça até 1938, mudando-se para os Estados Unidos e obtendo a cidadania americana em 1944. Consta que o Presidente Roosevelt chegou a avaliar a possibilidade de Thomas Mann assumir o governo alemão no pós-Guerra.
Com a chegada do macartismo,o escritor cansou de ser alvo de perseguições, voltou à Europa e morreu em Kilchberg , próximidades de Zurich, em 1955.


Sir Dick Bogarde (1921-1999)
O ator, chiquérrimo, primeiro inglês a presidir o júri do Festival de Cannes, em 1984, preferia manter a vida particular bem distante da profissional, onde brilhava com sua grandiosa capacidade de representar em cerca de 70 películas, especialmente o trabalho em "Morte em Veneza". Aos 50 anos, começou carreira de escritor, muito bem sucedida.

Gustav Mahler (1860 –1911)

Entre o final do século 18 até o raiar do século 20, Viena foi (também) o centro de uma corrente cultural musical. Wolfgang Amadeus Mozart, Ludwig von Beethoven, Johannes Brahms, e Gustav Mahler residiam na cidade, terra natal de Johann Strauss (pai e filho), Arnold Schoenberg e Franz Schubert.
Além de compositor, Mahler foi grande maestro e suas técnicas são presentes até os dias de hoje, divulgadas nos anos 60 por Leonard Bernstein.
E uma geração de admiradores e regentes deu grande exposição à sua produção, em especial às sinfonias.
O fundo musical de “Morte em Veneza” contribuiu para a notoriedade mundial do compositor.
******************************************