domingo, 1 de fevereiro de 2015

Bob Dylan canta Sinatra

 3 de fevereiro 2015-Lançamento do  
novo álbum " Shadows in the Night"







Traduzi pequeno texto de Thierry Gandil, num site francês,  sobre o lançamento desse trabalho de Dylan.

********

Quando entrou no lendário Studio B da Capitol Records, em Los Angeles, onde ainda está o piano Steinway  de Nat King Cole, Bob Dylan perguntou onde deveria cantar. 

"Bem ali",responderam e trouxeram-lhe um microfone. 
A gravação de Shadows in the Night,produzido por Jack Frost "(ou seja, o próprio Dylan,pois este é seu pseudônimo), foi feita de modo espartano.
Nenhuma tecnologia sofisticada, com toda equipe em sintonia.  

Sem  fones de ouvido, sem "overdub"(sons adicionais), sem outras vozes. 
Este trigésimo sexto álbum de estúdio foi gravado e mixado por Al Schmitt, 84 anos e 21 prêmios Grammy.

Al trabalhou com -entre outros,Jefferson Airplane, Sam Cooke, Neil Young, Elvis Presley, Thelonious Monk, George Bennett, Natalie Cole, George Benson, e acima de tudo, Frank Sinatra


Um belo cartão de visita.
Os músicos  Tony Garnier (baixo), Donny Herron ( guitarra com pedal), Charlie Sexton e Stu Kimball (guitarras), George C. Recelii (percussão). se reuniram em torno de Dylan para gravar 24 faixas,mas apenas dez foram selecionadas.    

A ausência de piano e discrição da bateria são notadas.

 "Se Frank Sinatra tivesse ouvido este álbum,certamente ficaria admirado com o que eu fiz com cinco músicos, e teria ficado orgulhoso com o resultado"disse Bob Dylan  para a revista AARP, para quem deu uma de suas raras  entrevistas. 

Todas as músicas pertencem ao repertório americano de 1920 a 1960. 
Entre outras,«  Some enchanted Evenings », 1949) Irving Berlin ( « What ’ll I Do », 1924) Franck Sinatra ( « I’m a fool to want You », 1951), Danny Kaye ( «  Full Moon and Empty Arms », 1946) e até  Jacques Prévert e  Joseph Kosma num emocionante «  Autumn Leaves  » (1947).


Dylan admite nunca ter comprado um disco de Frank Sinatra. "Não vale a pena, ele está em toda parte, no rádio, no carro, nas juke boxes, nos cafés, na TV. Frank está sempre em nossas mentes.
É uma montanha. É uma montanha que, um dia ou outro, você tem que escalar",  
Estava decidido a gravar Sinatra e tinha razão.
A atmosfera sonora é como deve ser,  lenta,  com arranjos simples e de bom gosto, a voz de Dylan tranquila, contida. 
É um álbum que "cai bem",que vai agradar.

**********************

Bob Dylan -"Stay with me", do novo álbum 'Shadows in the Night"

*********************

Um comentário:

Anônimo disse...

"I wouldn’t say there is one type of fan... Just all kinds of people.
I can see that there’s a difference in character, and it has nothing to do with age."