sábado, 28 de janeiro de 2012

Centenário de nascimento do compositor Herivelto Martins

E vinte anos de sua morte

***********************************

 
Em 2010, aTVGlobo apresentou a minissérie em 5 capítulos de Maria Adelaide Amaral contando a história de amor e ódio do casal Dalva de Oliveira (vivida por Adriana Esteves) e Herivelto Martins (Fabio Asssunção) -depois ex-casal- que originou muitas das mais lindas peças do nosso cancioneiro popular e deixou como legado o cantor Peri Ribeiro,síntese perfeita daqueles dois talentos.
************

Herivelto de Oliveira Martins nasceu em Engenheiro Paulo de Frontin,interior do RJ em 30 de janeiro de1912
Com o pai, funcionário da Estrada de Ferro Central do Brasil, Félix Bueno Martins,apendeu a organizar espetáculos teatrais e bandas e já aos 5 anos participava como ator.

Em 1937,já casado com Dalva, Herivelto Martins teve a idéia de fazê-la cantar com a Dupla Preto e Branco,um sucesso que durou até 1949.
Cesar Ladeira, da Rádio Mayrink Veiga e famoso criador de apelidos e slogans,os apresentou como "Trio de Ouro" São desse momento as composições "Acorda Escola de Samba", "Duas Lágrimas", "Se o morro não descer", "Cabaré no Morro", "Na Bahia", "Ceci e Peri",entre outras.
Em 1942,"Praça Onze"ganhou o primeiro prêmio em concurso de músicas carnavalescas. Herivelto foi assistente de Orson Wells, que filmava no Rio o famoso e inacabado "It's All True" .O diretor escolheu Peri como ator mirim para conduzir a narrativa do documentário.

Outras grandes composições, entre as mais de 400(no seu livro,Peri Ribeiro diz que são cerca de 700) foram"Caminhemos" e "Segredo" e "Ave Maria no Morro",sua obra prima.
Com a separação do casal -que caiu como uma bomba no meio artístico, foi desfeito o Trio original em 1950 e outras duas cantoras ainda o mantiveram até 1957.Herivelto passou a se apresentar em alguns festivais e criou a "Escola de Samba de Salão",fez participações em cinema e compôs "Pensando em Ti",mais um grande sucesso
Eleito presidente do Sindicato de Compositores do Rio de Janeiro em 1971, foi impedido de tomar posse, acusado de subversivo pela Ditadura Militar.
Casou-se com a gaúcha Lurdes Torelly e teve três filhos com ela:Fernando,Yaçanã (atriz que trabalhou na minissérie) e Herivelto Junior.Antes de casar com Dalva, teve uma ligação da qual nasceram dois filhos. 

...................
 Sobre Herivelto
*Em1992,poucos meses após sua morte,os jornalistas Jonas Vieira e Natalício Norberto homenagearam o compositor com sua biografia no livro "Herivelto Martins: uma escola de samba"(Ensaio Editora).

 
*Algumas semanas após o término da minissérie,Yaçanã Martins, Cacau Hygino, Marcos Maynart e Espassum Editora Rio de Janeiro lançaram  e  Herivelto Como Conheci- A Verdadeira História de Amor na Casa do Saber 

Traz a opinião de Yaçanã,-filha do segundo casamento de Herivelto -sobre o relacionamento de seus pais para ser conhecida pelos admiradores do grande compositor.
Maria Fernanda Candido, que interpretou Lurdes Torelly na minissérie, esteve presente na noite de autógrafos, em São Paulo

*O filho Pery Ribeiro, um de seus maiores intérpretes, escreveu-com a esposa Ana Duarte- o imperdível livro/catarse ”Minhas duas estrelas”,pela Editora Globo(2007-foto da capa), testemunho desafiador ao revelar "detalhes quase inconfessáveis da vida dos pais",como conta Ruy Castro no prefácio.


******************************************************

Nenhum comentário: