sábado, 11 de junho de 2011

Miró na Tate Modern


De 14 de abril a 11 de setembro de 2011,os visitantes encontram uma belíssima retrospectiva da obra de Joán Miró, ocupando 13 salas do quinto andar do Museu.
******
O folder da exposição traz uma declaração de André Breton (1896 — 1966) escritor francês, poeta e teórico do surrealismo :
"Miró foi o mais surreal de nós todos".
A Mostra examina momentos da longa vida do artista (1893-1983) e mostra como ele era engajado com seu momento histórico.
A linguagem pictórica de Miró ali está organizada por espaços.
Desde a sua nativa Cataluña-especialmente a fazenda em Mont-roig, passando pela vivência em Paris,o nascimento do Surrealismo,os terríveis anos da Guerra Civil Espanhola, a ditadura militar de Franco e chegando até os anos finais com as monumentais telas de grande impacto.
***********
Considero que estar aqui neste instante,como espectadora deslumbrada, é um presente da vida.
************************

Nenhum comentário: