quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Wikileaks,um" Disque Denúncia" em escala mundial

Da Wikipedia Portugal: ******************
"WikiLeaks é uma organização sem fins lucrativos, sediada na Suécia que publica, em seu site, posts de fontes anônimas,documentos,fotos e informações confidenciais, vazadas de governos ou empresas, sobre assuntos delicados.
O site foi construído com base em vários pacotes de software, incluindo MediaWiki, Freenet, Tor e PGP. Apesar do seu nome, a WikiLeaks não é uma wiki - ou seja, leitores que não têm as permissões adequadas não podem editar o seu conteúdo.
Para a postagem, a WikiLeaks recomenda o uso do Tor, visando a preservar a privacidade dos seus usuários e garante que a informação colocada pelos usuários não é rastreável.
O site, administrado por The Sunshine Press, foi lançado em dezembro de 2006 e, em meados de novembro de 2007, já continha 1,2 milhões de documentos.
No site, a organização informa ter sido fundada por dissidentes chineses, jornalistas, matemáticos e tecnólogos dos Estados Unidos, Taiwan, Europa, Austrália e África do Sul." ***********************
Seu diretor é o australiano Julian Assange, jornalista e ciberativista de 39 anos
As agências internacionais acabam de divulgar que o Assange foi eleito a personalidade deste ano pelo voto popular no site da revista americana "Time".Assange lidera a lista das 25 personalidades da política, esporte, entretenimento, entre outros, que mais se destacaram em 2010 na opinião dos internautas.
.
*****************

No dia 9 de dezembro,quinta-feira passada,o Presidente Lula defendeu o fundador do site WikiLeaks durante o evento de prestação de contas dos quatro anos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Solidário com Julian Assange, Lula se disse espantado por
"não haver nenhuma manifestação" contra a prisão do australiano, acusado de agressão sexual a duas mulheres, e contra as retaliações que tem sofrido após a divulgação de documentos secretos de diplomatas americanos.
Em vez de culpar quem divulgou, deve se culpar quem escreveu. Então eu presto minha solidariedade ao fundador do WikiLeaks.
O rapaz do WikiLeaks foi preso e eu não estou vendo nenhum protesto contra a ameaça à liberdade de expressão",
completou o Presidente,primeira liderança mundial a se manifestar favorável a Assange.
Acusado de conduta sexual agressiva contra duas voluntárias do WikiLeaks que estavam de passagem pela Suécia,Assenge nega tudo Lá,sexo sem preservativo pressupõe estupro, imposto por meio de violência ou ameaça.
Saia justa diplomática
Lembram-se do desaparecimento da menininha inglesa Madeleine, que dormia com seus irmãos gêmeos no apartamento de um resort na Praia da Luz, Algarve, em 2007?
O jornal espanhol "El País" informou que um dos 250 mil telegramas diplomáticos dos Estados Unidos divulgados pelo WikiLeaks, fazia referência ao caso,com informações quase que definitivas sobre a postura dos pais adotivos,os médicos Kate e Gerry Mc Cann.
Por conta dessa e de outras notícias confidenciais,uma tremenda saia justa se configurou no meio diplomático
Vingança
Semana passada, simpatizantes de Assange realizaram pela internet a chamada
Operation Payback (operação revanche), tirando do ar os sites da Visa, da Credicard e do governo sueco, entre outros.
No entender dos hackers, as operadoras de cartão de crédito cederam às pressões do governo americano impossibilitando recebimento de doações. O advogado de Assange deixou claro que seu cliente não concorda com os ciberataques porque "já foi alvo de ciberataques, acredita na liberdade de expressão, é contra a censura, e claro que os ciberataques são justamente isso". *******************************************************************************

Nenhum comentário: