quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Governo iraniano suspende por enquanto a execução de Sakineh

Nesta quarta feira, 8 de setembro, dia
da semana tradicional nas execuções no Irã,porta- voz do Ministério de Relações Exteriores anunciou que vai rever o caso de Sakineh Mohammadi Ashtiani.
A revolta pela condenação,primeiro por adultério e ,depois, por suposta colaboração no assassinato do marido, chegou ao Vaticano e o Papa Bento XVI declarou seu repúdio.
Sakineh recebeu 99 chicotadas "adicionais", como castigo.
No último final de semana, aconteceram protestos em Paris, tendo como cenário as proximidades da Torre Eiffel.
"O veredicto sobre o caso extramarital foi suspenso e está sendo revisto, disse Ramin Mehmanparast, porta-voz da chancelaria, à TV estatal Press TV".
Caso seja para valer, a revisão é resultado dos inúmeros movimentos de protesto que estão acontecendo em todo mundo.



*************

A ANISTIA INTERNACIONAL ESTÁ ENVOLVIDA NA CAMPANHA HUMANITÁRIA

Apoie a causa. A sentença continua em vigor, apenas foi suspensa para se reestudada(aguardemos e esperemos que não seja blefe)

Só a pressão internacional pode salvar Sakineh.





Eu assinei às 23 58 de sexta-feira, dia 6/8/2010
Atualização a cada 15 minutos.Neste momento (27.9-17.30)
344.093 assinaturas

************************************

Nenhum comentário: