domingo, 8 de abril de 2018

Hamilton de Holanda na Casa Museu Eva Klabin



Ministério da Cultura e Klabin S.A. apresentam

 HAMILTON DE HOLANDA

MPB EVA

14 de ABRIL, sábado

DAS 17.00  às 18.30

Ingressos: R$ 50,00 inteira | R$ 25,00 meia (acima de 60, estudantes)

O ingresso do show dá direito a uma visita ao museu, às 15:30 (vagas limitadas)

 Informações e ingressos: Tel: 3202-8555

Direção musical: Nenem Krieger

Organização: Marcio Doctors



 *********************

'Hamilton de Holanda Vasconcelos Neto  

Começou a tocar aos 5 anos de idade e a se apresentar aos 6 anos. 
Aos 8 anos o músico mirim acumula três anos de prática e dois de palco. Aprendeu a tocar antes mesmo de ser alfabetizado. Na contagem oficial, Hamilton de Holanda tem 18 anos de profissão e 28 trabalhos lançados, entre vídeos e CDs.
Na contabilidade afetiva, do primeiro instrumento aos 5 anos, presente de Natal do avô, aos atuais 39, são 34 anos de bandolim. “Não imaginei que ele me levasse tão longe em reconhecimento e carinho do público. 
Para ser sincero, me sinto começando, pois se não for assim paro de tocar”, diz o artista, reverenciado nos Estados Unidos como “o Jimi Hendrix do bandolim” e conhecido na França como “príncipe do bandolim”.
 
Filho, neto, sobrinho e irmão de músicos, Holanda até que tentou fugir do destino aparentemente traçado ao nascer numa casa onde diversos instrumentos ficavam sempre na sala, ao alcance de quem desejasse tocar, tão integrados ao ambiente quanto o sofá e as almofadas. 

Prestou vestibular e frequentou a faculdade de ciências contábeis até o terceiro semestre, quando a cerveja com os amigos no bar da esquina tornou-se inapelavelmente mais atraente.
 
 “Larguei tudo e fui estudar Composição na Universidade de Brasília.”

(DA WIKIPEDIA)

Nenhum comentário: