domingo, 25 de maio de 2014

25 de maio- Dia Internacional da Tireoide




 Visite o site da

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

***********************




"O dia 25 de maio foi adotado pelas quatro sociedades irmãs 

LATS,ETA,ATA e AOTA

como o “Dia Internacional da Tireoide”. 

Desde 2009, a Federação Internacional de Tireoide, em conjunto com organizações de pacientes, desenvolvem campanhas educacionais ao redor do mundo durante o que se denominou de  “Semana Internacional de Conscientização sobre a Tireoide”.

Neste ano, a Semana de Conscientização Internacional sobre a Tireoide terá atividades de 23 a 27 de maio. No Brasil, oDepartamento de Tireoide da SBEM promoverá uma série de ações educacionais em todo território nacional, destinadas a profissionais da saúde e ao público geral. O objetivo é a conscientização sobre a importância da glândula tireoide e seus distúrbios. A campanha envolverá palestras, distribuição de material impresso e divulgação para a mídia. 

O que é a Tireoide?

A  tireoide  é uma glândula localizada na região anterior do pescoço que tem forma de borboleta. Os hormônios tireoidianos (T4 e T3) são responsáveis pela regulação do metabolismo, ou seja, por todo o trabalho celular do organismo. Assim, uma tireoide hipoativa (hipotireoidismo) ou hiperativa (hipertireoidismo) pode causar uma gama de sinais e manifestações clínicas que afetam a qualidade de vida dos pacientes. 

No entanto, porque os sintomas podem ser leves ou inespecíficos, o diagnóstico é muitas vezes confundido com outras condições e não realizado. 

Fique Atento

Estima-se que aproximadamente 300 milhões de pessoas sofram de disfunções da tireoide em todo o mundo, sendo que  mais da metade desconhecem sua condição.  As mulheres em particular e os idosos são mais suscetíveis às doenças da tireoide. 

No idoso, os sintomas dos distúrbios da tireoide podem ser confundidos com os da própria idade e não serem adequadamente tratados.  
Os distúrbios funcionais da glândula, se não tratados, podem causar complicações graves, entre as quais doenças cardiovasculares
Podem ainda afetar a gestação e o feto em desenvolvimento. Por outro lado, as disfunções da tireoide podem ser facilmente detectadas, através de um exame, o TSH, que avalia os níveis séricos do hormônio estimulador da tireoide. 

O teste é simples, de baixo custo e disponível pelo SUS."

***************************

Nenhum comentário: