sábado, 19 de novembro de 2016

20 de novembro -Zumbi dos Palmares


Feriado no Rio



A Terra Prometida
   No vigésimo dia de novembro festeja-se o Dia da Consciência Negra.
 A data tem grande significado para a comunidade afro-brasileira 
que considera Zumbi dos Palmares um herói e símbolo de liberdade.

Zumbi

A partir de 1630,as invasões holandesas 
no nordeste facilitaram bastante a fuga 
de negros que.buscando uma  " terra prometida" e  aqueles que  fugiam do trabalho escravo, fundaram 
na Serra da Barriga (onde hoje se 
 localizam Pernambuco e Bahia)o Quilombo dos
 Palmares.

Quilombos eram refúgios para os

que conseguiam se desvencilhar da tirania dos senhores e sinhás

e o de Palmares rapidamente atingiu uma população de 3 mil  habitantes.
A organização seguia um modelo que-no futuro- seria o mesmo adotado no 
regime republicano brasileiro.

Sempre atacados pelas milícias e exército,os habitantes se suprindo

do que a terra lhes oferecia.
A proteção, igualmente, era excercida pelos quilombolas.
*********
 

Em 1644 ,rechaçaram uma tentativa de invasão, assim como tinham conseguido 
manter uma razoável distância dos portugueses.

Zumbi, neto da princesa africana Aqualtune,nasceu em 1665 e, aprisionado 
ainda criança ,passou a "pertencer "ao padre jesuíta António Melo,que o batizou 
com o nome de Francisco. 
Zumbi/Francisco estudou português e latim e ajudava nas missas, como coroinha.
1670
Com 15 anos, Zumbi fugiu e regressou a Palmares ,agora com cerca 
de 30 mil habitantes e sob a chefia de Ganga Zumba,seu tio pela família materna.
1675 
Lutando contra mais uma investida (dos soldados portugueses 
comandados pelo Sargento Manuel Lopes)a um mocambo de cerca 
de mil choupanas,Zumbi se mostrou grande estrategista militar.
Com apenas vinte anos de idade, chefia o contra ataque.
Palmares, ja com 200 quilômetros de extensão tornara-se 
uma república com onze mocambos e muros de madeira,como 
as cidades européias medievais(que usavam pedras na proteção).
A Cerca do Macaco,na Serra da Barriga,
 era uma espécie de “capital “ do Quilombo
Tinha ruas largas, cerca de 1500 choupanas e oito mil habitantes
1678 -Pedro de Almeida, governador da capitania de Pernambuco, 
percebeu que o Quilombo dos Palmares poderia ser economicamente
 viável-já assegurada o que hoje chamamos de sustentabilidade,
Os habitantes faziam vassouras,esteiras,cestos,leques,vestimentas,
plantavam mandioca,milho,feijão e cana de açúcar.
O governador propôs ao chefe Ganga Zumba a paz e a alforria para 
todos os quilombolas de Palmares,situação aceita contra a vontade de Zumbi.
que não admitia que os negros tivessm que abrir mão de suas 
tradições e cultura e exigia que os demais também fosssem agraciados.
1680:
Zumbi assumiu o lugar de Ganga Zumba em Palmares e comanda a 
resistência contra as tropas portuguesas. 
Ganga Zumba more por envenenamento.
1694:
Domingos Jorge Velho e Bernardo Vieira de Melo comandam 
o ataque final contra a Cerca do Macaco, principal mocambo de Palmares e local do nascimento de Zumbi.
1695-20 de Novembro: Zumbi ,traído e denunciado por um antigo
 companheiro, é localizado, preso e degolado aos 40 anos de idade.
Zumbí ou "Eis o Espírito", virou um ícone e sua imagem foi usada pelos 
abolicionistas como exemplo de herói e mártir.
***********************************

Nenhum comentário: