quinta-feira, 12 de março de 2015

Jack Kerouac


 



O Pai dos Beatniks


“Ofereça `as pessoas aquilo que mais desejam secretamente e é claro que entrarão logo em pânico"

Jack Kerouac .ícone da geração “Beat” ou “Beatnik” ,é autor de “On the Road”, obra considerada a “Bíblia Hippie” e escrita durante uma viagem de três semanas pela rota 66 nos Estados Unidos.
(o termo “Beat Generation” fo inventado por Kerouac durante uma conversa com o amigo e colega Herbert Huncke).

Na obra, Kerouac, rompeu com os padrões literários formais.

A Rota 66 (U.S. Route 66, em inglês ) era uma rodovia norte-americana do U.S. Highway System. Iniciava em Chicago-Illinois e passava pelos estados de Missouri, Kansas, Oklahoma, Texas, Novo México, Arizona e,ao terminar na cidade de Santa Mônica, na Califórnia, totalizava 3.755 km.
O governo americano,reconhecendo sua importância cultural e turística mantém hoje a "Rota 66 Histórica".
O trio Jack Kerouac, William Burroughs e Allen Ginsberg influenciou toda uma geração
*************
Jean-Louis (Jack) Kerouac nasceu no dia 12 de março de 1922, terceiro filho de um casal de trabalhadores franco canadense de Quebec- Léo-Alcide Kéroac e Gabrielle-Ange Lévesque,e só se expressava no dialeto Joual até ser matriculado numa escola paroquial aos seis anos.

Era um menino sério e católico muito devoto A mãe ocupou um lugar importante em sua vida.Mais tarde.confessou que foi a única mulher que realmente conseguiu amar.
A morte do irmão mais velho,Gerard, por febre reumática causou um efeito profundo no jovem Jack.Foi a iniciação na procura do significado da vida e da morte, que se tornou o tema principal de seus escritos,alguns em francês.
Mudou-se para Nova York em 1939 e estudou durante um ano na
Horace Mann Prep School aguardando vaga na Columbia University, conseguida por seu bom desempenho esportivo

Um desentendimento com seu técnico de baseball e a fratura da tibia durante um jogo causaram a saída da universidade.
Tentou a Marinha dos Estados Unidos,mas não passou nos testes psicológicos.
Foi aceito na Marinha Mercante e e viajou para a Groenlândia quando começava a segunda guerra mundial.
Em 1944,conheceu Allen Ginsberg .Lucien Carr e William Burroughs e,depois, Neal 
Cassady se juntou ao grupo que formou o núcleo da Beat Generation..
Foi com Cassady (foto) que Kerouac pegou a Estrada 66. numa viagem de costa a costa .

A dupla usava caronas, trens de carga e qualquer outro meio de transporte barato. A experiência rendeu o livro , “On The Road”, um autêntico best seller.lançado pela Viking Press em 1957 ,depois de ser recusado durante anos pelas editoras.
Muitas partes sobre sexo foram removidas do original e nomes fictícios foram usados.

A aventura da dupla Cassady/Kerouacc criou o estilo peculiar que caracterizou o movimento Beatnick,combinando rejeição às responsabilidades com o que chamaram de “ruptura com os valores burgueses”,na busca de uma visão mais espiritualizada da vida. Jack foi o primeiro escritor americano a se converter ao budismo e citar a doutrina em suas obra.
Misogenia

Em 1952,já no segundo casamento, nasceu a filha Jan.
Coerente com as idéias de irresponsabilidade social,Kerouac não só deixou a companheira Joan Haverty como também jamais reconheceu a criança. .

A misogenia ,incutida desde a infância católica, tornou a vida afetiva praticamente impossível como provam os dois casamentos breves e os relacionamentos homossexuais com Allen Ginsberg, William Burroughs, Alan Ansen e Gore Vidal.
Ele também procurou omitir em suas obras os romances com homens.Os críticos apontam como exemplo “Os Subterrâneos”,onde a descrição da relação na vida real com Gore Vidal se transformou em noite platônica num quarto de hotel.

Prosa espontânea

Foi a voz da Beat Generation e é mundialmente conhecido pela obra On The Road (1957), Pé na Estrada em português,escrito em 3 semanas pelo método que ele denominou “prosa espontânea’
Os escritos saiam aos jorros e Kerouac usava folhas de papel manteiga coladas umas `as outras e a revisão dos textos não era siquer imaginada .O início do texto foi concebido em francês
A idéia era,`a maneira de Balzac na “Comédia Humana”,conectar seus oito romances e futuros dois livros numa saga que se chamaria “A lenda de Dulouz”.Dulouz era um heterônimo.
Em 1958, em "Essentials of Spontaneous Prose," Kerouak compara seu estilo literário com a improvisação de um músico de jazz no gênero Bebop,como Charlie Parker, Dizzy Gillespie, Miles Davis, Thelonious Monk e outros, e afirma que desejava,assim, estabelecer uma profunda conexão com o leitor .

O sucesso não estava nos planos de Kerouac,que – agora alcoólatra- rresolveu se mudar para Northport, New York em março de 1958, seis meses depois do lançamento de On the Road, para cuidar da mãe idosa e se esconder do status de celebridade
Isolado de tudo,casou-se com Stella Sampas.amiga de infância.
Com ela ficou até a morte por cirrose, em 21 de outubro de 1969 em São Petesburgo, Flórida.
Kerouac ,além de novelista, foi poeta,declamador e desenvolveu uma nova técnica de haikai-forma poética de três linhas de origem japonesa, que valoriza a concisão e a objetividade.
*************************************************

Nenhum comentário: