sábado, 28 de julho de 2012

As Olimpíadas Modernas e o Barão de Coubertin

"O importante não é vencer, é competir com dignidade" frase cunhada em 1908 pelo Bispo de Londres ao abrir a cerimônia dos Jogos Olímpicos


Em 1896, Pierre Frédy, mais conhecido como Barão de Coubertin, reacendeu a flama olímpica na era moderna fundando o Comitê Olímpico Internacional e promovendo a volta dos Jogos. Nasceu em Paris em 1º de Janeiro de 1863, originário de uma família nobre da Normandia. Contrariando os desejos dos pais - que o viam mais sintonizado com a política ou seguindo a carreira militar - formou-se em pedagogia, na Sorbonne.
*******************************
Praticava boxe, esgrima, hipismo e remo e achava que o esporte poderia servir de ponte para a educação e abriria as portas do futuro para a sociedade.
Em 1875, arqueólogos alemães faziam um trabalho bem sucedido de prospecção no local onde, entre os séculos V e VII AC, estava situada a cidade-santuário Olímpia, considerada uma das sete maravilhas da Antiguidade e conhecida por sediar competições esportivas. Dez anos depois, entusiamado com o levantamento arqueológico,

Coubertin usou sua influência pessoal para levantar fundos, motivar as autoridades e mobilizar o mundo diplomático para reviver os jogos olímpicos.
O mecenas Georges Averoff sensibilizou-se e mandou construir um belíssimo estádio todo recoberto de mármore para abrigar a primeira Ollmpíada dos tempos modernos, realizada em Atenas, em 1896. 13 países foram representados por 310 atletas e 44 modalidades de esporte foram disputadas, algumas preservadas dos antigos jogos.
Uma das novas provas acrescentadas foi a Maratona, para homenagear Filipides, o guerreiro ateniense que, em 490 AC, percorreu em 4 horas os 40 km que separavam Maratona de Atenas, para anunciar a vitória dos gregos contra os persas.
Coubertin foi eleito presidente do Comitê Olímpico Internacional e idealizou a bandeira dos Jogos, com os círculos entrelaçados.
Segundo seus biógrafos, era um misógino ferrenho e declarava a quem quisesse ouvir que “a presença de mulheres nos Jogos Olímpicos seria impensável, impraticável, antiestética e incorreta”.

Para acalmar os ânimos das ativistas feministas foi criada uma espécie de competição feminina paralela.
 Na cerimônia de abertura da Olimpíada de 1928 - Amsterdam - ao tomar conhecimento do grande número de atletas do sexo feminino na competição, pediu a palavra e num discurso indignado - diretamente da tribuna de honra - acusou sua equipe de “traição ao ideal olímpico” demitindo-se do cargo de Presidente do Comitê, que ele mesmo havia criado.
 Pierrre Coubertin morreu de ataque cardíaco, a 2 de setembro de 1937, quando passeava num parque em Genebra.
De acordo com os seus últimos desejos expressos em documento, o corpo foi cremado em Lausanne. O coração foi levado para Olímpia e depositado em monumento erigido em sua memória.  


******************************

16 comentários:

Evandra Batista disse...

esse texto me ajudou muito no trabalho de historia.eu agradeso muito a quem escreveu este texto que esqueci até o nome do escritor que escreveu este texto.porque eu tirei 10 no trabalho de historia.<><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

vitoria soares disse...

esse texto foi muito bom,a biografia de Barao de Coubertin muito interessante!!!e aprendi muito@

Anônimo disse...

gostei muito pois isso me ajudou com um trabalho escolar

nathalia Lima disse...

Esse texto me ajudou muuuito tirei no 10 no teabalho de Historia u.u Vlew
*--*

Anônimo disse...

me ajudou muito tirei nota 10 no meu trabalho de historia

Anônimo disse...

esse texto é muito bom ! to vendo que irá me ajudar muito no trabalho de história sobre as olimpidas ! :) vlw !!

Anônimo disse...

Esse texto é muito bom

Anônimo disse...

a C.A do 6ºano tem poucas linhas

Anônimo disse...

a C.A do 6ºano tem poucas linhas

Anônimo disse...

a C.A do 6ºano tem poucas linhas

Anônimo disse...

Gostei muito dessa biografia do Barão de coubertin , me ajudou muito na lição de história.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tgrry disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tgrry disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tgrry disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.