terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Betty Boop sex symbol-80 anos

Com corpinho de 20

Foi no dia 9 de agosto de 1930 que Betty Boop- pelas mãos e pela pena e tinteiro de Max Fleischer- nasceu para a fama, cheia de charme.
Personagem de Dizzy Dishes,depois de muitas aparições secundárias ao lado de Bimbo,um cão famoso no cinema de animação,ganhou espaço próprio.
Vedete mesmo, com carreira solo, só em 1931, primeira heroína mulher de desenhos animados, morena sensual que, dizem, inspirou a loura Marilyn Monroe quando protagonizava seus números musicais.
A figura da cantora Helen Kane serviu como modelo para a personagem, tornada logo sex symbol na era de ouro da animação americana
.A saia muito curta, a liga aparecendo e certas posturas foram consideradas muito ousadas pela famigerado Código de Hays(1934),que censurou a personagem.
    Betty Boop cantava versõs adaptadas de música popular norte americana e clássicos de jazz em muitos filmes, com bolinhas animadas nos subtítulos mostrando a letra da canção, consideradas as primeiras versões do que conhecemos hoje como karaokê.
    Ela conseguiu ficar tão sensual assim que, em 1939, foi proibida de aparecer nas telas pelo Comitê Moralizador.
    Os irmãos Fleischer vestiram a personagem com saias longas, quimonos japoneses, macacões,mas sempre deixando `a mostra o contorno dos seios,cada vez mais sexy.
    Aí, foi banida de vez e só voltou em 1984.
    Com arzinho ingênuo e atitudes avançadíssimas das "lobas" de nossos dias, atrizes protagonizando Betty foram um grande sucesso nas platéias de teatro.
    Foi dublada primeiro por Margie Hines e Mae Questel na década de 30.Depois apenas Mae Questel continuou sendo sua voz (até os anos 80)
    O marinheiro Popeye participou de um de seus desenhos,nos anos 30,com enorme sucesso de público,mas não rolou empatia nem houve envolvimento entre o casal. *****************************************************************************.
O desenho animado que você vai assistir clicando no link abaixo foi censurado pelo Comitê Moralizador (1934) sob alegação de apologia das drogas....
http://www.youtube.com/watch?v=E9Tb4TMibk0&feature=related
    ******************************************************************************

Nenhum comentário: