quinta-feira, 17 de maio de 2018

A Tate Modern / Londres apresenta a obra de Picasso em 1932


A exposição, que teve origem no Musée Picasso de Paris, mostra um relato mês a mês  do "ano de maravilhas"
- 1932.
 Sem dúvida,foi um ano de amores  escondidos,fama fundamentada e,talvez, origem das tragédias que seriam ligadas a seu nome.
 Pablo Picasso aos 50 anos

Duas de suas muitas mulheres se suicidariam e as demais, exceto uma delas-Françoise Gilot, teriam fim doloroso:depressao e loucura.
Um de seus netos, Pablito, também  tiraria a própria vida.

  Picasso tinha acabado de completar 50 anos (1881-1973) , estava "inundado " de encomendas,era o mais caro artista vivo e mantinha um romance com a muito mais jovem (18 anos)
Marie-Therese Walter, sem o conhecimento de sua esposa.

Estava casado com a aristocrata russa Olga Kohklova,vivia num grande apartamento na Rue La Boétie,8º arrondissement, usava ternos de grife, comprava carros luxuosos,tinha motorista particular uniformizado com luvas e boné, tudo isso simbolizando a passagem da figura do pobre espanhol imigrante para  a de superstar internacional.


Como estrangeiro vivendo na França,evitava contatos políticos  e guardava respeitável distância de solenidades oficiais, incluindo as referentes à sua Espanha natal.

Mês a mês,em módulos, a exposiçao da Tate demarca os polos de interesse da vida pessoal de Picasso naquele momento-Olga e Marie Therese, e as tensoes entre pintura, escultura,a distorçao surrealista das imagens e a harmonia das cores.

Com a gravidez de Marie Therese(nasceu a filha, Maya),
 houve a mudança imediata de Olga para o sul da França,levando o filho.
Dora Maar, que foi a próxima amante, já aparecia discretamente o horizonte...

Este período foi descrito por Picasso como o pior de sua vida.
 ****
A situação política e econômica na Europa começou a deteriorar.Hitler se tornou Chanceler em 1933,Mussolini consolidou uma ditadura fascista na  Itália e a Espaha se envolveu numa guerra civil.
O ano das maravilhas havia se perdido para sempre.

*************************

Este é um pequeno vídeo da exposiçao 
Picasso 1932 – Love, Fame, Tragedy na  Tate Modern, de  8 de março a 9 de setembro de  2018, divulgado pelo site Visit London Guide.com

https://www.youtube.com/watch?v=n_eZJiv-LSY

Um comentário:

Professor Feijó disse...

Sintéticas e interessantíssimas informações. Nãso se poderia esperar outra coisa de Thereza Pires.
Parabéns!